Terça-feira, 19 de Novembro de 2019
SEGURANÇA PÚBLICA

Quadrilha especializada em roubos e furtos de veículos é presa em Manaus

As ordens judiciais foram cumpridas em bairros distintos de Manaus, em Itacoatiara e em duas unidades prisionais



quadrilha_564CA51A-6E8A-4EB1-928D-E27B79AF4C9D.JPG Foto: Winnetou Almeida
26/07/2019 às 12:52

Dez pessoas pertencentes a uma quadrilha especializada em roubos e furtos de veículos em Manaus foram presas, em cumprimento de mandados de prisão preventiva, no período de 23 a 25 de julho, na operação “Guilhotina”, da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv). As ordens judiciais foram cumpridas em bairros distintos de Manaus, em Itacoatiara e em duas unidades prisionais.

Os presos foram identificados como Adamis de Araújo Pinheiro, 26, Alessandro Magno Nogueira Pereira, 36, Diney Pinto de Souza, 23, Franklin de Souza Neres, 28, conhecido como "O Sonic"; Janderson da Costa Menezes, 24, "Malukinho"; Jean de Souza Lopes, 18, Jerson Rodrigues dos Santos, "O Jerson", Kenny  Roger de Souza, 33, Thiago Rodrigues Soares, 24, além do cadeirante Israel Pinheiro Pimentel Filho, 20.



De acordo com o delegado da Derfv, Cícero Túlio, os roubos eram comandados pelo Adamis, Franklin, Janderson, Jerson, Kenny e Thiago, dentro das unidades prisionais Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM 1) e Puraquequara. Os outros quatros presos na operação cometiam os roubos a mando dos presidiários. Além dos roubos, a maioria deles tinha envolvimento com o tráfico de drogas.

“Só neste ano, mais de 30 veículos foram objetivos de roubos e furtos por parte dessa quadrilha. Muitos desses veículos já foram localizados e restituídos aos seus proprietários. Mas ainda existem veículos que ainda não foram entregues aos donos”, informou.

Ainda segundo o delegado, os detentos determinavam e escolhiam quem de fora dos presídios que participariam das ações. Os veículos eram clonados e repassados para práticas criminosas, ou os revendiam, e o lucro era repartido entre eles.

O cadeirante, conforme Cícero, foi o autor do roubo de um carro Hilux, no início deste ano. “O carro teria sido encomendado pelo ‘Sonic’ em razão de uma dívida de tráfico de drogas com o Diego, que está custodiado em uma penitenciária federal. O Diego é um dos responsáveis pela morte do delegado Oscar, em 2014”.

Além desses, outros três identificados como Rafinha, Alessandro Gomes e Juninho, um empresário do ramo de desmanches, estão foragidos. Todos presos já possuem passagem pela polícia. Eles ficarão à disposição da Justiça.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.