Quarta-feira, 01 de Abril de 2020
Manaus

Quatro homens são presos suspeitos de integrarem quadrilha de roubo de veículos

Um deles foi autuado por furto qualificado e todos responderão por receptação



1.jpg Para delegado, os quatro homens tinham a intenção de usar as peças do veiculo desmanchado para revender no mercado
15/04/2015 às 10:00

Quatro homens foram presos na tarde de desta terça-feira (14), no bairro Parque de Riachuelo, no Tarumã, Zona Oeste, suspeitos de integrarem uma quadrilha de roubo e desmanches de veículos. Com eles, a polícia localizou um dos veículos roubados e um outro desmanchado. Eles foram autuados na Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV).

Segundo o delegado Paulo Martins, titular da DERFV, os homens foram localizados a partir da prisão de Wilmar Simões da Silveira, 24, o “Mera”, na última sexta-feira. Ele era investigado pelo roubo de um Peugeot vermelho, que ocorreu no estacionamento de uma universidade da Zona Centro-Sul. O homem estava escondido em uma vila, no bairro Nossa Senhora de Fátima, na Zona Norte, onde o veículo também estava escondido.



Com da prisão de Mera, a polícia descobriu os outros participantes da quadrilha: Sebastião Gomes da Silva, 47, o “Neri”, Reginaldo Garcia Soriano, 45, o “Baiaca”, e Cleuson Rodrigues Oliveira, 22.

De acordo a polícia, Mera também conseguiu comprar um  outro carro roubado, um fiesta cinza, e vendeu para Sebastião Gomes, que possui uma oficina, no bairro Parque Riachuelo, na Zona Oeste.

Os civis foram até lá e encontraram apenas a carcaça do veiculo. À eles,  Mera contou que conseguiu o veiculo em uma outra oficina, no mesmo bairro. Os policiais continuaram as diligencia e na oficina do mecânico Cleuson Rodrigues, eles localizaram várias pecas do fiesta roubado. “Quem levou esse carro pra mim foi o Baiaca, mas eu nunca imaginei que o carro fosse roubado. Até porque a gente não pode perguntar muita coisa”, explicou o mecânico

Para o delegado Paulo Martins, os quatro homens tinham a intenção de usar as peças do veiculo desmanchado para revender no mercado. “Esse foi o primeiro caso de carro desmanchado nós encontramos este ano. Provavelmente eles iam revender essas peças”, disse o delegado. Ele também explicou que um dos presos, o Baiaca, comprou o fiesta roubado para desmontá-lo e montar um outro veículo com as peças.  

O quarteto foi autuado por receptação, mas Wilmar também vai responder por furto qualificado. Eles foram ouvidos, mas como o crime é afiançável, ele vão poder pagar fiança e responder em liberdade.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.