Publicidade
Manaus
Manaus

Quatro mil peças de roupas já foram doadas para edição do ‘The Street Store’ em Manaus

A ideia de trazer o movimento a Manaus surgiu entre um pequeno grupo de fotógrafos amadores que realizam atos de solidariedade durante as expedições e passeios 21/06/2015 às 18:08
Show 1
A proposta do ‘The Street Store’ é facilitar a ligação entre quem tem alguma roupa e quer doar e quem mais precisa
Isabelle Valois ---

No primeiro final de semana de julho, moradores de rua da capital poderão escolher suas próprias roupas como se estivessem em uma loja, no lançamento do “The Street Store Manaus” (A loja de rua, em inglês), ação voluntária que ocorre em São Paulo e Recife, além de vários países mundo afora.

A ideia de trazer o movimento a Manaus surgiu entre um pequeno grupo de fotógrafos amadores que realizam atos de solidariedade durante as expedições e passeios. Por sempre realizarem doações a moradores de rua, a esposa do fotógrafo José Hilton Pereira da Silva, 58, Lúcia Barreiros da Silva, descobriu, por meio de vídeos na internet, um jeito diferente de fazer “caridade”, e resolveu trazer a iniciativa para Manaus. Compartilhou com um amigo a ideia e resolveu tentar um contato com a Organização Não Governamental (ONG) para organizar o ‘The Street Store’ em Manaus.

“Quando apresentamos para nossos amigos, os seis acharam incrível e resolvemos planejar e implantar a ideia em Manaus”, detalhou o coordenador José.

Menos de uma semana depois que a publicação da primeira edição em Manaus foi compartilhada na internet, várias pessoas se identificaram com a causa e, somente neste final de semana, mais de 4 mil pessoas se disponibilizaram para ajudar a tirar o projeto do papel. No próximo sábado, a coordenação vai reunir com os colaboradores, que vão dividir as tarefas e verificar os detalhes do evento.

Doações

Conforme José, quando iniciaram a campanha de arrecadação de roupas e sapatos usados,eles tinham em média 300 itens. Mas, neste final de semana, o número de doações ultrapassou a expectativa dos organizadores e chegou à marca de 4 mil. “A ideia era fazer algo pequeno, mas como estamos tendo apoio social, estamos esperando que essa ação ajude boa parte das pessoas e famílias mais necessitadas”, disse.

O local onde a loja será montada ainda não foi definido. De início, a coordenação havia solicitado que o evento fosse realizado na praça Heliodoro Balbi, mais conhecida como praça da Polícia, mas de acordo com José, não tiveram autorização por conta de possíveis problemas que poderiam ser causados aos jardins. Agora ele vai tentar um diálogo com a Secretaria Estadual de Educação (Seduc), para ocupar um espaço no Colégio Dom Pedro Segundo, na avenida Sete de Setembro, Centro.

Evento

O “The Street Store” deve ocorrer no dia 5 de julho, das 7h30  até as 17h. A organização do evento conseguiu, com algumas empresas, a doação de papelões que devem servir como cabide para a exposição das roupas que ficarão expostas para a doação.

 Ações

Conforme José, uma parte da equipe que organiza o evento está informando todos os dias os moradores de rua, para que eles prestigiem a ação. No dia do evento, voluntários também  vão distribuir sopa para os moradores de rua, além de promoverem ações solidárias, como corte de cabelo.

Alguns pontos de coleta

Para quem mora no Canarãnas e Cidade Nova: rua Kant nº 374, quadra 15 conjunto Carlos Braga -próximo ao DB do Nova Cidade. Falar com Evellyn Thayna (993519100).

Pra quem mora no Centro, Aparecida,  o ponto de doação é na rua Ferreira Pena, nº 1118 -primeiro andar , sala 102, Prédio de tintas Sumará. Falar com Sabrina (981241685).

Pra quem mora no Dom Pedro, Alvorada e locais próximos, rua Brigadeiro João Camarão, Dom Pedro 1 nº 14, próximo a arena da Amazônia. Falar com Sebastiana (992973875).

Em alguns bairros e zonas: Conjunto Eldorado: Rua A nº 36 A,  ao lado da Clínica do Detran.

Praça 14 de Janeiro: Rua Getúlio Vargas nº 1752, entre as ruas Nhamundá e Barcelos.

Parque das Laranjeiras: rua Alagoas nº77, edifício Alagoas , entre o Palácio Maçônico e o Posto BR (Rua em frente ao Labibs) falar com Gaby (98222-7808) ou Mirella (9326-4005).

Ponto de coleta no Alvorada 1, rua Criciúma nº 30, em frente à igreja missão evangélica, falar com Rebekah Bessa (991077833).

Rua kant N°374 Q°15 conjunto Carlos Braga, proximo ao DB do Nova Cidade, Falar com  Evellyn (99351-9100).


Publicidade
Publicidade