Quinta-feira, 03 de Dezembro de 2020
PRISÃO

Quinto envolvido em desvio de carga de TVs do Distrito é preso no Pará

Carregamento estava avaliado em R$ 380 mil e foi roubado em fevereiro deste ano, quando saía de Manaus



WhatsApp_Image_2020-10-22_at_21.00.11_E198BDB4-D665-4F55-9BB5-5C2E4CCEDF62.jpeg
22/10/2020 às 21:23

Janderson Ferreira da Silva, 39, investigado por roubar uma carga de televisores, avaliada em R$ 380 mil, foi preso na última terça-feira (20), em Belém, no estado do Pará. O mandado de prisão temporária foi cumprido pela equipe de investigação da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), com apoio da Polícia Civil paraense. 

As investigações da especializada apontam Janderson como integrante de uma quadrilha, que desviou uma carga de televisores de uma empresa instalada no Polo Industrial de Manaus. Ele foi localizado na rodovia Artur Bernardes, no bairro Tapanã, uma das duas vias terrestres que ligam Belém ao distrito administrativo de Icoaraci.



Janderson é o quinto membro da associação criminosa a ser preso. Ao logo das investigações, já foram presos no primeiro semestre deste ano Emerson Vieira Fontes, 42; Fábio Renato Rodrigues Catique, 39; Lécio Fabiane Caxeira de Oliveira, 47, e Raimundo Wilson Vargas, 40. O sexto integrante do bando, Marildo Miranda de Melo (foto abaixo), está sendo procurado por participação no esquema criminoso. 

De acordo com o delegado Aldeney Góes, titular da Derfd, o crime ocorreu no dia 15 de fevereiro deste ano. A carga monitorada por uma empresa seguradora foi desviada no momento em que saía da capital amazonense para outro estado. Para funcionar o esquema da organização, os suspeitos incorporaram pessoas da transportadora. 

"O transporte da carga de televisores seguia um padrão rígido de segurança, com lacres da empresa fabricante, passando pela seguradora, até chegar o destino final. Emerson era o líder do grupo e já foi preso pela Derfd. Ele recrutou as pessoas para fazerem parte da estrutura criminosa, que facilitaram o furto", disse o delegado Aldeney Góes. 

A ordem judicial em nome de Janderson foi expedida no dia 8 de outubro deste ano, pelo juiz Rafael da Rocha Lima, da Central de Inquéritos. Ele irá responder por furto qualificado e associação criminosa. 

Ao término dos trâmites cabíveis, Janderson será encaminhado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde passará por audiência de custódia e ficará à disposição da Justiça.

Denúncia

 

A autoridade policial reforça que quem puder colaborar com informações sobre o paradeiro de Marildo Miranda Melo, pode entrar em contato com o número 181, o disque-denúncia da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). A identidade do informante será mantido em sigilo.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.