Quarta-feira, 29 de Janeiro de 2020
CURSO

Quinze detentos do CDPM I concluem curso de pedreiro

Os reeducandos concluíram o curso e receberam certificação, sendo que um deles recebeu o alvará de soltura recentemente, e assim tem a oportunidade de usar a capacitação profissional recebida em liberdade.



462f10d6-505d-49cc-93d2-1ab6ddb48139_F76656B4-5738-49CD-8B62-3CD164F8BCAA.jpg Foto: Divulgação
11/12/2019 às 15:57

Nesta quarta-feira (11), 15 reeducandos do Centro de Detenção Provisória de Manaus I (CDPM I), localizado no quilômetro 8 da BR 174, participaram da cerimônia de encerramento do curso de pedreiro promovido pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) em parceria com a Umanizzare Gestão Prisional.

O curso profissionalizante, ministrado pela instrutora Sônia Rocha, teve início no dia 29 de outubro, e encerrou no dia 6 deste mês. As aulas foram divididas em teóricas e praticas, e aconteciam quatro horas por dia, de segunda a sexta-feira, das 8h ao meio-dia, totalizando uma carga de 108 horas.



Dos quinze reeducandos concluintes do curso e que receberam a certificação, um deles recebeu o alvará de soltura recentemente, e assim tem a oportunidade de usar a capacitação profissional recebida em liberdade.

Os apenados formados aprenderam noções básicas de construção civil: leitura e interpretação de projetos, materiais e ferramentas de construção, escavação, fundação e acabamento de obras. Além de subitens como orçamento, assentamento cerâmico, construção de caixarias e mais.

Na hora de desenvolver os conhecimentos adquiridos foram utilizados espaços da própria unidade, onde os apenados puderam emboçar a parede traseira da cozinha, construir uma calçada, caixas para esgoto e caixaria, e levantar uma parede.

Para o diretor do CDPM I, Márcio Pinho, esses cursos são fundamentais para os reeducandos. “O interno que antes não tinha perspectiva de vida longe do mundo do crime, hoje com essa nova modalidade de remição de pena pelo trabalho e qualificação profissional, passa a ter um novo horizonte”, disse.

A gerente técnica da empresa cogestora Umanizzzare, Sheryde Karoline, prometeu mais cursos para o próximo ano. “Em 2020 vamos realizar muitas atividades voltadas para a aprendizagem profissional” disse ela. “Ao mesmo tempo que é desafiador fazer cursos como esse no sistema prisional, é satisfatório e gratificante para todos”, concluiu.

O curso é mais uma parceria da Seap com a empresa terceirizada Umanizzare Gestão Prisional, por meio do projeto de Núcleo de Aprendizado Profissional (NAP).

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.