Domingo, 22 de Setembro de 2019
Manaus

R$ 250 milhões: Artur vai tentar parcelar dívida da Manausprev

O valor, segundo o prefeito, é o equivalente a construção de duas passagens de nível ou de 20 creches municipais



1.jpg Prefeito de Manaus, Artur Neto
02/03/2013 às 13:24

O prefeito de Manaus, Artur Neto (PSDB), anunciou neste sábado (2) que pretende pleitear o parcelamento da dívida do Fundo de Previdência Municipal (Manausprev) junto ao Ministério da Previdência até o fim do mês de março. A declaração aconteceu durante uma entrevista a um programa de TV local.

No dia 16 de dezembro do ano passado o Jornal A CRÍTICA publicou uma reportagem onde indicava um rombo nos cofres da Manausprev. O déficit ocorreu por conta de investimentos no Banco BVA, um banco pequeno que sofreu intervenções do Banco Central causando prejuízo a vários investidores. Hoje, Artur voltou a ressaltar que não irá investir em bancos pequenos “para não correr risco”.

Artur anunciou que uma reunião com o ministro Garibaldi Alves Filho está marcada para acontecer no dia 31 de março onde apresentará um projeto de parcelamento da dívida em 20 anos. O parcelamento, segundo Artur, ainda não está fechado, mas que “há fortes chances de ser aceita pelo governo federal”.

Conforme explicou o prefeito, será necessário o desembolso de R$ 250 milhões para quitar a dívida da Manausprev adquirida nas últimas gestões municipais. O valor, segundo o prefeito, é o equivalente a construção de duas passagens de nível ou de 20 creches municipais.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.