Publicidade
Manaus
SAÚDE PÚBLICA

Reajuste de 10,85% estará no contracheque de servidores da Susam a partir do dia 28

O órgão informou que os servidores do interior recebem no dia 28 de maio, enquanto os da capital no dia 29 deste mês 23/05/2018 às 17:16
Show susam
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

O reajuste de 10,85% no salário dos servidores da Secretaria de Estado de Saúde (Susam) estará no contracheque dos trabalhadores, a partir dos dias 28 e 29 deste mês.

A reposição salarial é resultado de proposta acordada na Mesa Estadual de Negociação Permanente do SUS, entre o Governo do Estado e os sindicatos dos servidores da saúde.

“Assumimos compromisso de conceder a data-base em maio e estamos cumprindo. O contracheque deste mês já traz o reajuste de 10,85%, sendo 2,68% referente à data-base de 2018 e mais 8,17% da data-base de 2015, que não foi concedido pelo governo da época”, afirma o secretário estadual de Saúde, Francisco Deodato.

Os servidores do interior recebem no dia 28, enquanto os da capital no dia 29. Para conferir o contracheque, o servidor deve acessar o portal do servidor (portaldoservidor.am.gov.br), no site da secretaria ou no Portal do Governo do Amazonas, a partir do dia 28.

Salários

Após reajuste, o menor salário na Susam (carreira de Nível Auxiliar) sairá dos atuais R$ 1.312,92 para R$ 1.455,37 e o maior (médico Doutor), de R$ 8.220,94 para R$ 9.112,92. Contando com o auxílio-alimentação de R$ 220, em maio, o menor salário ficará em R$ 1.675,37 e o maior em R$ 9.332,92. Em junho, quando o auxílio-alimentação sobe para R$ 420, o menor salário ficará em R$ 1.875,37 e o maior em R$ 9.532,92.

O reajuste deve gerar um impacto mensal de R$ 6,5 milhões na folha de pagamento da Secretaria.

Auxílio-alimentação

Além da garantia da data base neste mês de maio, no mês de junho os servidores passam a receber, em contracheque, o auxílio-alimentação no valor de R$ 420.

Em fevereiro deste ano, o auxílio voltou a ser pago, no valor de R$ 220, estendido a todos os servidores, da capital e interior. Agora, após negociação com representantes dos trabalhadores, a Susam amplia o valor do benefício para R$ 420.

“A garantia da data-base é uma vitória, assim como o auxílio alimentação, que voltou a ser pago em fevereiro deste ano, no valor de R$ 220, estendido a todos os servidores, da capital e do interior. E que, agora, está sendo ampliado para R$ 420, em contracheque, já a partir de junho”, comenta Francisco Deodato.

Inédito

O pagamento do auxílio-alimentação foi estendido a todos os 22,2 mil servidores da pasta (capital e interior). Antes de ser suspenso, em 2016, o benefício era ofertado apenas para 3,6 mil trabalhadores. É a primeira vez que os funcionários do interior têm direito ao auxílio.

Outra ação adotada pela nova gestão da Susam foi a retomada da Mesa Estadual de Negociação Permanente dos Trabalhadores da Saúde, onde são discutidas com a categoria, entre outros temas, o cumprimento do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR) do servidor, que foi criado em 2010, mas nunca foi consolidado. 

Em números

O reajuste e o aumento do auxílio-alimentação beneficiam 22.265 servidores – 16.347 da capital (entre trabalhadores da Susam e fundações) e 5.918 do interior.

Publicidade
Publicidade