Sexta-feira, 10 de Julho de 2020
entorpecentes

Receita e Polícia Federal apreendem dez quilos de skunk em Aeroporto de Manaus

A quantidade de droga é avaliada em R$ 120 mil e tinha como destino as cidades de São Paulo e Belém



drogas_E6BC6BEE-F3AE-4C3B-8289-DBA5F66DF5CF.jpg Foto: Divulgação
28/05/2020 às 19:21

Uma operação realizada pelo Serviço de Vigilância e Repressão ao Combate ao Contrabando e Descaminho da Alfândega do Porto de Manaus (SEREP) e a Polícia Federal, na madrugada desta quinta-feira (28), no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, resultou na apreensão de aproximadamente 10 quilos de maconha do tipo skunk avaliados em R$ 120 mil.

Duas pessoas foram presas pela Polícia Federal e sitiadas pelo crime de tráfico de drogas. Os passageiros tinham como destino a cidade de Guarulhos em São Paulo e Belém no estado do Pará. Eles foram retirados dos voos.



De acordo com a assessoria de imprensa da Alfândega, durante a operação de controle aduaneiro no aeroporto com ação do cão farejador da Receita Federal e a utilização do equipamento de scanner, malas foram fiscalizadas o que resultou na identificação de bagagens suspeitas com indícios de conterem substâncias orgânicas.

O passageiro identificado com dono da bagagem com skunk, que tinha como destino Guarulhos, estava com a droga escondida dentro de embalagens com açaí congelado em uma caixa de isopor, envolta em plásticos com o objetivo de não ser identificada pela fiscalização, contudo não foi possível enganar o agente canino Deco. A quantidade encontrada, aproximadamente 2 kg, seria vendida em São Paulo/SP.

A passageira que foi identificada como proprietária de uma mala contendo, aproximadamente, 8 quilos de skunk estava com a droga escondida dentro de travesseiros. A bagagem foi considerada suspeita ao passar pelo equipamento de escâner utilizado pela fiscalização do SEREP. Ao ser aberta a bagagem comprovou-se a existência de drogas escondidas dentro de travesseiros.

Os dois passageiros depois de retirados dos seus voos foram encaminhados para a Superintendência da Polícia Federal, no conjunto Dom Pedro II, Zona Centro-Oeste de Manaus.

A Receita Federal do Brasil e a Polícia Federal informam à sociedade que permanecem, mesmo durante a pandemia de Covid-19, realizando normalmente suas ações na cidade de Manaus.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.