Sábado, 22 de Fevereiro de 2020
ÁREA INVADIDA

Reintegração de posse retira famílias de área invadida no Ramal do Pau Rosa, em Manaus

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM), a ação começou por volta das 6h e em média 200 barracos foram destruídos



01.jpg (Foto: Gilson Mello)
23/02/2017 às 09:21

A Polícia Militar do Estado do Amazonas cumpriu nesta quinta-feira (23), um mandado de reintegração de posse em uma propriedade privada localizada no Ramal do Pau Rosa, bairro Nova Cidade, Zona Norte de Manaus.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM), a ação  começou por volta das 6h e em média 200 barracos foram destruídos. A área pertencente a Construtora Capital, que teria entrado na Justiça para a recuperação do local.



Em média, 250 pessoas participaram da operação, entre polícias militares e servidores públicos da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh).

A Tropa de Choque fez uma barreira na entrada do Ramal, pois a informação era que indígenas se encontravam no local.                       

Ocupantes

O estudante Luís Fernandes, 32, que está desempregado, disse que não tinha outro para ir. Segundo ele, 530 famílias residiam no local.

"Cheguei aqui quando estava cheio de árvores. Fizemos todo o desmatamento  e começamos a construir. Na última segunda nos avisaram que iríamos ser retirados, mas não temos outro lugar para ir", comentou.


Mais de Acritica.com

22 Fev
EUZIVALDO_QUEIROZ_1_35B33169-9F94-47FC-A952-4C8DDB6AC152.JPG

Igreja faz ações para duas comunidades na Zona Norte

22/02/2020 às 11:54

A Igreja de Deus Pentecostal do Brasil (IDPB) Filadélfia vai desenvolver ações sociais na rua Roxana Bonessi, Monte das Oliveiras, Zona Norte, e na rua Jacutinga, comunidade Águas Claras, Zona Norte. Aos comunitários serão oferecidos serviços de estética e saúde


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.