Publicidade
Manaus
Manaus

Reitoria da Ufam fará coletiva de imprensa para informar detalhes sobre calendário acadêmico

Após reunião do Consuni, ficou decidido que 2º semestre não iniciará na próxima semana, como previsto. Intenção era começar 2015/2 mesmo sem terminar o 1º semestre 04/09/2015 às 12:20
Show 1
Conselho Universitário (Consuni) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) decidiu prorrogar início das aulas
Luana Carvalho Manaus (AM)

A reitora da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Márcia Perales, fará uma coletiva de imprensa às 15h desta sexta-feira (4), na sala de reunião do gabinete da reitoria, para informar detalhes sobre o que foi decidido em relação ao calendário acadêmico.

Os professores estão em greve há dois meses e meio e o primeiro semestre, 2015/1, não terminou. A intenção da Reitoria era começar o segundo semestre, 2015/2, na próxima semana, dia 8, mesmo sem encerrar o primeiro, o que foi negado pela comunidade acadêmica.

Depois da reunião do Conselho Universitário (Consuni), que teve início às 14h de ontem e finalizou às 20h30, movimentos estudantis, professores grevistas e a própria Reitoria entraram em consenso e decidiram que as aulas do segundo semestre não iniciarão na próxima semana.

Na última terça (1), a reitoria havia informado que seria “impossível atender à reivindicação de um calendário acadêmico unificado”, uma vez que “há uma sentença judicial a ser cumprida”, alegando que a única a ser penalizada, caso descumprisse a ordem, seria ela.  

Porém, após várias reivindicações e protestos de alunos, que chegaram inclusive a acampar na reitoria da Ufam, eles entraram em consenso. O calendário não será suspenso, pois há uma determinação da Justiça.

Entretanto, de acordo com a reitoria, a data para o início do período 2015/2 (2º semestre), que seria na próxima terça-feira (8),  foi prorrogada e o calendário só será reiniciado quando os professores retornarem da greve.

Publicidade
Publicidade