Publicidade
Manaus
POLÍTICA

Restaurante oferece 1% de desconto para cada ano de condenação de Lula

Estabelecimento vai fazer a transmissão ao vivo do julgamento do ex-presidente nesta quarta-feira (24), a partir das 11h. Empresário espera atrair clientes com a estratégia 23/01/2018 às 18:04 - Atualizado em 23/01/2018 às 18:22
Show detroit
Foto: Divulgação
Oswaldo Neto Manaus (AM)

O restaurante Detroit Steakhouse realizará uma promoção diferente nesta quarta-feira (24) durante o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). Além de transmitir ao vivo a sessão, o estabelecimento localizado no Millennium Shopping, na Zona Centro-Sul de Manaus, vai dar 1% de desconto por cada ano de condenação de Lula, caso ele não seja absolvido.

Segundo o sócio-proprietário do local, Giulian Ferreira, a ideia surgiu há cerca de duas semanas e foi compartilhada nas redes sociais. Ele conta que tudo foi estudado pelos profissionais de marketing de forma a atrair os clientes.

“O meme (no Instagram) repercutiu de forma positiva. Estamos tendo uma interação muito grande nas nossas redes sociais, e consequentemente o público vai almoçar se interando do julgamento amanhã (24)”, disse ele.

O julgamento, que ocorrerá em Porto Alegre, está previsto para começar 6h30 (horário de Manaus), no entanto Giulian conta que a casa abrirá somente às 11h. Ele afirma que a estratégia não deve atrapalhar a ida dos clientes. O restaurante vai dispor de 150 assentos para quem for assistir à sessão no local.

“No início das sessões é feita uma ata, então oficialmente deve começar depois das 11h. A casa vai estar aberta até as 15h”, explicou.

A banda larga do local, inclusive, teve um reforço para que a transmissão não seja cortada. “Esperamos que o canal do Youtube não fique fora do ar. Surgiu um boato de que a oposição iria tirar o link do ar. Estamos torcendo para que não aconteça. Apesar disso, a equipe do TI esteve lá e colocamos uma banda larga de 20 megabits só pra esse link. Tomamos todos os cuidados”.

Desconto em caso de condenação

Em caso de condenação do ex-presidente, Giulian afirma que o estabelecimento dará 1% de desconto por cada ano de pena. Se a condenação em primeira instância for mantida, o desconto chegará a 9%, visto que Lula foi condenado a nove anos pelo juiz Sérgio Moro. “Se ele for condenado a 48 anos, daremos 48% de desconto. Vamos fazer uma brincadeira real para aqueles que estiverem presentes”, disse o empresário, adiantando a informação que deve ser jogada nas redes sociais.

Em caso de absolvição, a casa não deve formular nenhum desconto. Questionado se o estabelecimento é a favor da condenação do ex-presidente, o sócio-proprietário argumenta que o posicionamento do local por transmitir o julgamento é de “ser a favor da Justiça”.

“Está muito claro e evidente. Uma pessoa que é condenada em primeira instância é culpada e deve ser punida por isso. Isso que o nosso País espera e deve ser feito”, finaliza.  

Publicidade
Publicidade