Segunda-feira, 30 de Novembro de 2020
Manaus

Restaurante pega fogo no bairro de Petrópolis nesta segunda-feira

O fogo começou por volta das 11h, enquanto um funcionário assava carne na churrasqueira, que fica na área externa do estabelecimento



1.gif O vazamento do gás e o incêndio ocorreram por conta de imprudência na utilização das botijas de gás
09/12/2013 às 13:19

Um incêndio destruiu totalmente um restaurante no bairro Petrópolis, na Zona Sul de Manaus, na manhã desta segunda-feira (9). O incidente começou por volta das 11h e foi ocasionado por vazamento de gás no forno da cozinha seguido de explosão. O estabelecimento funciona no térreo de um prédio de três andares, na esquina da avenida Benjamim Constant com a rua Adolfo Lacerda. Não houve vítimas.

“Foi muito rápido. Eu estava fazendo a farofa e só senti aquele fogo na minha perna. Aí eu saí correndo com mais de mil”, declarou a ajudante de cozinha Ilma Vieira, 36. Ao todo, quatro funcionários e a proprietária do local estavam dentro do restaurante no momento do fogo. As ruas laterais foram interditadas pela polícia militar e o Corpo de Bombeiros atendeu a ocorrência com duas viaturas e dez homens.



Os funcionários tentaram levar cadeiras e mesas para fora do estabelecimento no momento do incêndio, bem como funcionários de uma gráfica localizada ao lado retiraram equipamentos tipográficos. Dois freezers, um fogão industrial, panelas e produtos alimentícios foram totalmente destruídos. “Minha mãe que é a dona daqui. Funcionamos há apenas três meses”, disse a gerente do restaurante, Ana Carla Chaves, 38, que não soube precisar os prejuízos.

Segundo o coronel Almeida Dinanci, o vazamento do gás e o incêndio ocorreram por conta de imprudência na utilização das botijas de gás. “Foram duas botijas usadas de maneira incorreta, com as mangueiras embaixo do fogão. Isso ocasionou aquecimento e derretimento delas. O correto são as botijas por fora, em área arejada para que, se ocorrer o vazamento de gás, esse gás possa ser expelido e o a botija fechada”, explicou.

Ainda de acordo com o coronel Almeida, o gás que vazou após a mangueira derreter serviu como combustível para o incêndio. “Praticamente ela perdeu tudo. Uma área pequena, mas com muitos prejuízos”, disse. Segundo ele, a Polícia Civil deverá fazer perícia no local para verificar o comprometimento da estrutura dos três andares do prédio.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.