Publicidade
Manaus
Manaus

Restos mortais são encontrados em terreno no bairro Aparecida, Zona Sul de Manaus

Segundo os moradores, há três dias um barqueiro comentou com a vizinhança que tinha visto um maxilar e osso de uma vértebra da coluna estava na areia, próximo às águas, mas só nesta tarde, eles resolveram acionar a polícia 14/11/2015 às 16:07
Show 1
Uma das suspeitas é de que a ossada tenha sido levada para o local pela correnteza das águas do rio Negro
KELLY MELO ---

Restos mortais possivelmente de um ser humano foram encontrados, na tarde deste sábado (15), em um terreno localizado por trás da usina da Eletrobras Amazonas Energia, no bairro Aparecida, na Zona Sul. No mesmo perímetro, há duas semanas, partes do corpo da jovem Ana Carolina Nascimento dos Santos, 18, que foi esquartejada, foram encontrados.

Segundo os moradores, há três dias um barqueiro comentou com a vizinhança que tinha visto um maxilar e osso de uma vértebra da coluna estava na areia, próximo às águas, mas só nesta tarde, eles resolveram acionar a polícia.

Policiais civis e militares estiveram no local. No primeiro momento, chegou-se a cogitar que os ossos pudessem ser de Ana Carolina, mas de acordo com os peritos do Instituto de Criminalística (IC), o maxilar e a vértebra localizados aparentam ser de uma pessoa mais velha.

Apesar disso, eles reforçaram que apenas o exame de DNA realizado no Instituto Médico Legal (IML)  vai poder precisar a identidade da vítima e estimar o tempo que a ossada estava do local.

Uma das suspeitas é de que a ossada tenha sido levada para o local pela correnteza das águas do rio Negro. A delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar o caso.

O corpo de Ana Carolina ainda não foi liberado pelo IML porque a família ainda aguarda o resultado do exame de DNA, que pode sair em até 30 dias.


Publicidade
Publicidade