Publicidade
Manaus
chama olímpica no am

Revezamento da Tocha terá grande esquema de segurança e ação integrada entre órgãos

A “Operação Tocha Olímpica” terá como base o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), onde serão recebidas as ocorrências para serem direcionadas às ações dos cerca de 40 órgãos das esferas Federal, Estadual e Municipal, de acordo com a competência operacional de cada um. 17/06/2016 às 18:08 - Atualizado em 17/06/2016 às 18:32
Show cicc
Foto: Divulgação
ACRITICA.COM* Manaus (AM)

Cerca de 40 órgãos das esferas Federal, Estadual e Municipal que compõem o Comitê Integrado de Segurança para os Jogos Olímpicos em Manaus prepararam um grande esquema de segurança e de ações de suporte nas mais diversas esferas para a passagem da Tocha Olímpica no Estado. O símbolo dos jogos estará no Amazonas neste domingo (19) e segunda-feira (20), e contará com um grande esquema de segurança, desde a chegada no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, na zona oeste de Manaus, seguindo todo o percurso que será feito na capital e nos municípios do interior (Presidente Figueiredo e Iranduba).

A “Operação Tocha Olímpica” terá como base o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), onde serão recebidas as ocorrências para serem direcionadas às ações dos órgãos, de acordo com a competência operacional de cada um. As ações também irão contar com acompanhamento em tempo real de câmeras monitoradas no CICC e do helicóptero da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP).

Outro diferencial será uma Central Integrada de Recursos Fluviais liderada pela Marinha e composta pela Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros, para atender as necessidades de segurança quando a Tocha Olímpica passar por meio fluvial nas comunidades ribeirinhas de Iranduba.

Segundo o secretário estadual de Segurança Pública, Sergio Fontes, o sistema integrado de segurança segue as premissas do planejamento em curso para os Jogos Olímpicos – Manaus receberá três rodadas duplas do Torneio Olímpico de Futebol, nos dias 4, 7 e 9 de agosto. Planejamento este que contou, inclusive, com um simulado de ocorrência de acidente com grandes proporções, realizado no último dia 11 de junho.

O exercício teve o objetivo de aprimorar as táticas e técnicas dos órgãos envolvidos, validando todos os protocolos de segurança em casos de incidentes durante o percurso.  “Esperamos que não haja, mas se houver alguma ocorrência durante o percurso da Tocha em Manaus, o Sistema de Segurança está preparado para atender com eficiência sem prejudicar o evento”, declarou Fontes.

Para executar as ações de segurança e de suporte, o Governo do Amazonas utilizará a estrutura já existente nos órgãos que participarão com algum tipo de atividade no evento.

A Polícia Civil do Amazonas informou que vai reforçar o efetivo na Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), Delegacia Fluvial (Deflu), além dos 19º, 21º, 26º e 29º Distritos Integrados de Polícia (DIPs). As Delegacias Interativas de Polícia (DIPs) situadas nos municípios de Iranduba e Presidente Figueiredo também terão efetivo ampliado no período referente à passagem da Tocha Olímpica. A operação contará com reforço do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera). Equipes do Departamento de Planejamento (Deplan), Departamento de Polícia Metropolitana (DPM) e Departamento de Polícia do Interior (DPI), também estarão a postos.

Operação de Trânsito 

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) irá trabalhar em conjunto com órgãos de segurança do Estado e da Prefeitura de Manaus durante o percurso de 39 quilômetros da Tocha Olímpica.
Devido ao itinerário, o trânsito da cidade vai ser alterado e algumas ruas sofrerão interdições. O trabalho terá auxilio de agentes do Detran-AM que estarão posicionados em diversos pontos das vias por onde a tocha irá passar.

O intuito é garantir a segurança dos pedestres e motoristas que irão participar do evento e viabilizar a boa fluidez do trânsito após a passagem da tocha. “Desde já orientamos que os motoristas fiquem atentos aos horários da passagem da tocha e evitem trafegar por estas ruas”, alerta o diretor-presidente do Detran-AM, Leonel Feitoza.

Saúde

A Secretaria Estadual de Saúde (Susam) informou que o atendimento na rede de urgência e emergência adotará um plano de contingência. Segundo o secretário estadual de Saúde, Pedro Elias de Souza, o modelo adotado tem como pressuposto manter todas as unidades preparadas para uma resposta rápida em caso de acidentes de múltiplas vítimas.

A rede de urgência é formada por 9 Serviços de Pronto Atendimento (SPAs) e 1 Unidade de Pronto Atendimento (UPA), além de 7 Prontos-Socorros e mais as 7 maternidades.

Durante a passagem da tocha, a Secretaria Estadual de Saúde (Susam) estará com uma ambulância nas proximidades do anfiteatro da Ponta Negra, com uma equipe formada por um médico, um enfermeiro e dois técnicos de enfermagem, que ficarão responsáveis por prestar atendimento, caso seja necessário. O serviço reforçará o atendimento que será realizado pela frota do Samu.

Arena recebe símbolo 

A Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) estará com o corpo técnico de 65 pessoas na Arena da Amazônia, onde a Tocha Olímpica fará sua primeira parada, por volta das 10h45, após a chegada no aeroporto internacional Eduardo Gomes e o percurso pelas avenidas Santos Dumont e Torquato Tapajós. O titular da Sejel, Fabricio Lima, ressaltou o momento histórico da passagem da Tocha Olímpica pelo Amazonas e afirmou que o trabalho em conjunto vai viabilizar um verdadeiro espetáculo à população.

“O espírito olímpico irá, de fato, despertar nas pessoas com este momento tão especial e único, que é o pontapé para o maior evento esportivo do mundo chegar ao nosso Estado. Estamos trabalhando dia e noite para que o templo dos Jogos, que é a Arena da Amazônia, possa orgulhar o nosso povo e ser exemplo. A festa, não tenho dúvidas, será bonita e o seu coroamento será com a participação dos nossos atletas, que levarão a Tocha e mais uma vez vão escrever um belo capítulo na história do esporte local”, afirmou Lima.

Monitoramento Meteorológico

Técnicos do Centro de Monitoramento e Alerta (CEMOA), da Defesa Civil do Amazonas estão realizando um trabalho especial de monitoramento meteorológico como parte da operação “Tocha Olímpica”. Serão analisadas as possibilidades de vendavais ou temporais, durante a passagem da tocha por Manaus e Região Metropolitana.

“Baseados em dados que serão fornecidos pelo Sistema de Proteção Ambiental da Amazônia (SIPAM), nossos agentes farão uma avaliação meteorológica especial, no intuito de identificar possíveis eventos naturais extremos que possam atrapalhar a passagem da tocha por alguns locais da capital e municípios”, afirmou o secretário da Defesa Civil do Amazonas, coronel Fernando Pires Junior.

Se for constatado algum impedimento climatológico, como ventos acima de 50 quilômetros por hora, a Defesa Civil do Amazonas fará o alerta aos órgãos que compõem o sistema de segurança. Um boletim meteorológico deverá ser emitido antes do evento. O objetivo é garantir a segurança dos participantes e da população em geral.

Acessibilidade 

A Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Seped) atuará para proporcionar acessibilidade e inclusão às Pessoas com Deficiência, durante a passagem do símbolo olímpico por Manaus. Estima-se que 50 pessoas nessa condição participem do primeiro evento de celebração da Tocha em Manaus, que acontece na Arena da Amazônia, com  tradução simultânea em Libras.

No evento de celebração, à noite, no anfiteatro da Ponta Negra, onde a pira olímpica será acesa, haverá espaço acessível para as pessoas com deficiência, serviços de audiodescrição, intérpretes de Libras, servidores para orientação quanto à violação de direitos, entre outras ações. Para facilitar o acesso, o TransPorta, sistema de ônibus adaptado do município, disponibilizará gratuitamente micro-ônibus até o local do evento. O ponto de encontro ocorrerá, a partir das 14h, na sede da Prefeitura de Manaus, localizado na Avenida Brasil, zona oeste, com saída às 16h para o complexo turístico da Ponta Negra.

Estudantes no revezamento 

A Secretaria Estadual de Educação (Seduc) informou que estudantes da rede pública estadual participam da programação de recepção e condução da Tocha Olímpica. Um grupo de aproximadamente 2 mil alunos  prestigiarão a chegada da Tocha e sua recepção oficial na Arena da Amazônia.

Entre os estudantes que conduzirão a Tocha, destacam-se Milena Coelho Leal, 13, e Rayanna Leite da Costa, 15, ambas do 9º ano do ensino fundamental do Centro de Educação de Tempo Integral/Ceti Marcantonio Vilaça II (CMPM II), na Cidade Nova. Elas foram premiadas no concurso de redação “O Brasil e os Jogos Olímpicos”, promovido pelo Ministério da Educação (MEC), Conselho Nacional dos Secretários Estaduais de Educação (Consed).

Também participará do revezamento, a aluna Ingra Lorrene, 17, estudante da Escola Estadual Coronel Fiuza, localizada no município do Careiro da Várzea (distante 25 quilômetros de Manaus). A jovem que cursa o 3º ano do ensino médio foi escolhida por meio de uma seletiva coordenada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). 

A Tocha Olímpica no Amazonas 

A Tocha, símbolo dos Jogos Olímpicos, chega a Manaus, neste domingo, 19, onde permanece até segunda-feira (20), passando ainda por Iranduba e Presidente Figueiredo, na Região Metropolitana. A chegada está prevista para às 8h30, no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, onde tem início o percurso de revezamento, por volta das 9h.

O percurso de revezamento  tem aproximadamente 39 km e se inicia na avenida Santos Dumont, seguindo pela Torquato Tapajós e Constantino Nery, com parada na Arena da Amazônia, por volta das 10h45, local onde ocorrerão seis jogos da primeira fase do torneio olímpico de futebol. Nos dias 4 e 7 de agosto serão os jogos masculino e no dia 9, dois do feminino, incluído o jogo da Seleção Brasileira.

Continuando o trajeto, saindo da Arena da Amazônia, a Tocha visitará o Centro Histórico de Manaus, com trajeto envolvendo o Paço da Liberdade, o Mercado Municipal Adolpho Lisboa e o Teatro Amazonas, localizado no Largo São Sebastião. A Tocha passa ainda pela avenida Álvaro Maia, finalizando o primeiro estágio do trajeto, às 13h27.

À tarde, a Tocha Olímpica estará na zona leste de Manaus, com trajeto iniciando na rotatória do São José, onde deve chegar as 14h49, passando por toda a extensão da avenida Autaz Mirim e na avenida Itauba, até o cruzamento com  a avenida Mirra.

No último estágio da rota em Manaus, o símbolo Olímpico atravessará a Ponte do Rio Negro, por volta das 17h22, no sentido Iranduba/Manaus, pega a avenida Coronel Cyrillo Neves, a avenida Brasil e a avenida Coronel Teixeira às 18h09, partindo para o ápice do evento, a “Celebração da Cidade”, no anfiteatro da Ponta Negra, que deverá ocorrer às 19h20. No local também haverá shows musicais.

Tour na Região Metropolitana de Manaus

No dia 20, quando acontece o segundo dia de revezamento da Tocha Olímpica no Amazonas, a "chama sagrada" das Olímpiadas estende o passeio no território amazonense e vai até alguns dos principais pontos turísticos do Estado, indo até os municípios de Iranduba e Presidente Figueiredo, localizados na Região Metropolitana de Manaus - a 19 e 105 km da capital, respectivamente.

Logo pela manhã, às 8h30, o fogo estará no Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGGS). Depois, volta para o píer do Tropical Hotel, onde começa o trajeto fluvial até a comunidade São Tomé, no município de Iranduba, reduto do boto cor-de-rosa.

Em seguida, vai até a Tribo Dessana, onde será registrada uma imagem da Tocha Olímpica com os indígenas da tribo. Na volta, está incluída no percurso do fogo olímpico uma passagem pela orla do Complexo Turístico da Ponta Negra seguindo até a Ponte Rio Negro. Logo depois, a Tocha segue para a cidade flutuante do Catalão, passando pelas comunidades ribeirinhas e Canoas Caboclas, e encerra a volta pela Região Metropolitana da capital passando pelo Encontro das Águas.

Por volta das 16h, a chama surge no município de Presidente Figueiredo, na cachoeira de Iracema, passa pelas trilhas e grutas. Passa ainda pelo Parque do Urubuí. No dia seguinte (21), pela manhã, embarca para o Acre.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade