Domingo, 21 de Julho de 2019
Manaus

Rodoviários cruzam os braços e prejudicam o transporte da população nesta segunda-feira (1º)

Os trabalhadores reivindicam o desconto e a falta do depósito do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), além de outros benefícios



1.gif Após população atear fogo, ônibus ficou totalmente destruído
02/07/2013 às 11:04

Rodoviários da empresa de ônibus Global Green, responsável também pela frota articulada de Manaus, cruzaram os braços na manhã desta segunda-feira (1º), afetando o transporte da população da cidade com mais de trezentos veículos parados na Bola do São José, na Zona Leste. Os trabalhadores reivindicam o desconto e a falta do depósito do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), além de outros benefícios.

O trânsito nas proximidades do Terminal de ônibus (T5) está prejudicado, tanto no sentindo Coroado como no Distrito Industrial. A empresa Global Green é responsável pelas linhas 600, 676, 650, 651, 652, 015, 080, entre outras.

Usuários de todas as zonas da cidade são prejudicados. De acordo com o assessor jurídico do Sindicato das Empresas de Transporte de Manaus (Sinetram), Fernando Borges, a paralisação é irregular.


Populares, que estavam em ônibus de outras empresas e que ficaram presos no trânsito na proximidade do T5, aproveitaram para reivindicar melhorias no transporte coletivo de Manaus. Até o momento, alguns manifestantes jogaram pedras em coletivos estacionados próximo ao Complexo Viário do São José e colocaram fogo em pedaços de madeira.

Mais de 30 ônibus foram destruídos. Um ônibus foi depredado e outro , que fazia a linha 352 foi queimado em cima do complexo viário do São José. Policiais já montaram uma barreira de contenção para impedir novas investidas dos manifestantes mais exaltados.

Segundo informações do Tenente Coronel Fabiano Bó, cerca de 400 manifestantes estão no local. Mais de dez ônibus da empresa foram quebrados.  Durante a confusão, uma cobradora de ônibus desmaiou e foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - Samu.  Dois homens foram presos por invadirem a sede da empresa, roubar e furtar. 


Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.