Sábado, 07 de Dezembro de 2019
Manaus

Rodoviários da Global Green paralisam 30% da frota nesta sexta-feira

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT)  determinou que 60% da frota deveria circular no horário de pico em resposta a ação do Sinetram



1.jpg Rodoviários da Global Green paralisam 30% da frota nesta sexta-feira
08/11/2013 às 08:44

Aproximadamente 30% da frota da empresa de transporte coletivo da Global Green, que atende principalmente as Zonas Leste, Norte e Sul, ficaram paradas na manhã desta sexta-feira (8) após uma paralisação orquestrada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviários de Manaus (STTRM). O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) havia determinado que 60% da frota deveria circular no horário de pico, em resposta a ação do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram)

De acordo com o diretor da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Waldir Frazão, duzentos ônibus circularam durante a manhã e 87 permaneceram na garagem, obedecendo à determinação.



“Apenas 30% da frota permaneceu na garagem para não prejudicar os usuários. A SMTU fez um acordo com as demais empresas para suprir qualquer necessidade da população em decorrência da paralisação”, declarou.

A equipe de reportagem de A Crítica flagrou paradas de ônibus da Zona Leste de Manaus lotadas de usuários que aguardavam as linhas de ônibus que a Global Green atende. Ainda de acordo com o diretor, a empresa atende 44 linhas e aproximadamente 100 mil passageiros diários. Dez por cento desse valor foi afetado pela paralisação desta sexta-feira.

O Sindicato dos rodoviários prometeu greve geral na próxima terça-feira (12), mas segundo Waldir Frazão, as empresas e a SMTU pretendem negociar com a categoria para evitar transtornos e prejuízos com a paralisação.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.