Sábado, 20 de Julho de 2019
TERMINAL 5

Rodoviários de quatro empresas paralisam e prejudicam 2 mil pessoas, diz Sinetram

Paralisação ocorreu no T5, no São José. Funcionários das empresas Via Verde, Global, Integração e Expresso Coroado impediram saída de 26 linhas



show_WhatsApp_Image_2016-10-30_at_10.26.26.jpeg Foto: Arquivo A Crítica
25/01/2018 às 12:18

Cerca de dois mil usuários do transporte coletivo de Manaus foram prejudicados na manhã desta quinta-feira (25) com uma paralisação de rodoviários de quatro empresas de ônibus – Via Verde, Global, Integração e Expresso Coroado – ocorrida no Terminal de Integração 5, conhecido como T5, no bairro São José, Zona Leste da capital.

As informações foram divulgadas pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram). Segundo a entidade, a paralisação durou cerca de 45 minutos e impediu a saída dos carros de 26 linhas para o cumprimento do itinerário. O órgão informou que as empresas não foram informadas sobre o motivo da paralisação.

Esta é a quarta paralisação de rodoviários apenas no ano de 2018. Já existe uma liminar concedida pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) impedindo movimentos grevistas sem aviso prévio.

Procurado pela reportagem, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Transporte Rodoviário de Manaus (STTRM), Givancir Oliveira, negou que tenha havido paralisação dos trabalhadores das quatro empresas. “Isso é conversa do Sinetram”, disse Givancir, por telefone.

Em nota, uma das empresas de ônibus, a Global Green, lamentou a paralisação. “A empresa não foi informada sobre os motivos que levaram a essa paralisação. Lamentamos o ocorrido, visto que existe determinação do Tribunal Regional do Trabalho que proíbe tais eventos, que só acarretam perdas a todos, em especial a população em geral”.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.