Publicidade
Manaus
Manaus

Sargento da PM é assassinado com dois tiros na cabeça nesta segunda-feira (26)

Policial foi baleado no conjunto Viver Melhor IV, após abordar e mandar o suspeito levantar a camisa que reagiu sacando uma arma contra a vítima, segundo relato da PM 26/01/2015 às 14:26
Show 1
Corpo do sargento após ser baleado
Fábio Oliveira Manaus (AM)

O sargento da Polícia Militar Fredson José Cunha de Oliveira, 39, foi morto com dois tiros na cabeça, na manhã desta segunda-feira (26), na rua 4, bloco 8, no conjunto habitacional Viver Melhor IV, bairro Santa Etelvina, Zona Norte.

Segundo o sargento Rocha Siqueira, da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o PM estaria chegando ao local, quando avistou o suspeito parado em pé na frente do seu bloco, onde conversava com o síndico que é seu amigo.

Ao sair do carro, ele mandou o suspeito levantar a camisa que, ao fazer, já foi sacando a arma e atirando contra com o policial militar. Um dos tiros acertou a cabeça dele que ainda conseguiu sacar a pistola e trocar tiros com o suspeito antes de ser alvejado mais uma vez na cabeça, vindo a óbito.

Um dos suspeitos de matar o PM, cujo nome ainda não foi revelado

O síndico que estava ao lado do suspeito e ainda tentou agarrá-lo, dando início a uma briga corporal. "Eu peguei ele, a gente foi pro chão, mas ele conseguiu fugir. Ele ainda tentou me matar, mas a arma dele falhou", explicou o síndico que preferiu não se identificar.

Em seguida, o suspeito fugiu a pé e entrou em um matagal. O comparsa que estava em uma moto também teria fugido e entrado na mata, mas foram presos, após uma busca intensa de várias guarnições da polícia.

Um helicóptero da PM ajudou nas buscas dos suspeitos que foram presos dentro do matagal, localizado em uma invasão perto do conjunto. Eles serão levados à Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), na Zona Leste.


Publicidade
Publicidade