Publicidade
Manaus
Manaus

Seinfra orienta prefeituras sobre convênios

Na pauta deste workshop constam todas as informações necessárias para formatação de convênios, contrapartida e prestação de contas, bem como a relação de documentos exigidos pela Seinfra, pelas instituições financiadoras e pelos órgãos fiscalizadores. 28/01/2013 às 19:08
Show 1
Neste primeiro dia de atividades participaram representantes de 30 municípios
acritica.com* Manaus (AM)

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), deu início na manhã desta segunda-feira, dia 28 de janeiro, em seu auditório (localizado na Alameda Cosme Ferreira, nº 7.600, Coroado III, zona leste), a mais um ciclo de treinamento direcionado aos prefeitos do interior e às suas assessorias técnicas.

O treinamento acontece em decorrência de uma determinação do governador Omar Aziz, que demonstrou preocupação com a possibilidade de que as prefeituras, por uma eventual falta do conhecimento técnico necessário, tivessem problemas para a formalização destes convênios, perdendo assim a possibilidade de levar mais investimentos para os seus municípios.

Na pauta deste workshop, idealizado pela secretária de Estado de Infraestrutura, Waldívia Alencar, constam todas as informações necessárias para formatação de convênios, contrapartida e prestação de contas, bem como a relação de documentos exigidos pela Seinfra, pelas instituições financiadoras e pelos órgãos fiscalizadores.

Participantes

Neste primeiro dia de atividades participaram representantes de 30 municípios: Alvarães, Autazes, Anori, Beruri, Carauari, Eirunepé, Fonte Boa, Amaturá, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, São Gabriel da Cachoeira, Silves, Novo Aripuanã, Parintins, Tefé, Manaquiri, Barreirinha, Borba, Urucurituba, Urucará, Careiro Castanho, Guajará, Ipixuna, Iranduba, Itacoatiara, Novo Airão, Japurá, Juruá e Manacapuru.

Ribamar Péricles, do município de Eirunepé, elogiou a iniciativa da Seinfra e disse que “a realização de um seminário deste é da mais alta importância para os municípios porque permitem capacitar as assessorias das prefeituras do interior, facilitando a realização de seu trabalho”. Segundo ele, a preparação dos gestores municipais quanto à questão técnica e legal dos convênios representa um ganho imenso para as prefeituras e para a municipalidade como um todo, que a partir de agora verá seus projetos saírem efetivamente do papel.

Enivaldo Lopes, do município de Ipixuna, destacou a questão da transparência nos convênios e o cuidado na gestão da coisa pública citados no decorrer do seminário. Para ele “a disseminação dos conhecimentos sobre legislação e as técnicas relativas à elaboração dos projetos necessários para a formatação dos convênios, bem como a questão da documentação, da contrapartida e da prestação de contas, vão facilitar o relacionamento entre as prefeituras e os governos estadual e federal e também com os órgãos fiscalizadores com o TCE e o TCU”.

Temas

“Convênios Estaduais”; “Convênios e Sistema SICONV”, e “Convênios e Prestação de Contas”, entre outros temas estarão na pauta durante toda esta semana, com a presença de técnicos de cada área, inclusive do Tribunal de Contas do Estado e do Projeto Calha Norte Ministério da Defesa, que abordarão temas ligados à prestação de contas.

Publicidade
Publicidade