Publicidade
Manaus
Manaus

Seis homens são presos com mais de 6 kg de drogas na "Operação Carnaval sem drogas"

A polícia apreendeu 2 quilos e meio de cocaína, 3 quilos e meio de pasta base de cocaína, 100 gramas de maconha prensada, além de um revólver calibre 38, com 14 munições intactas, e aparelhos eletrônicos 08/02/2013 às 11:07
Show 1
A operação 'Carnaval sem drogas' foi deflagrada após um mês de investigação à traficantes dos bairros Grande Vitória e Armando Mendes
Bruna Souza Manaus, AM

Seis traficantes procurados pela polícia foram presos em uma operação denominada ‘Carnaval sem Drogas’, na Zona Leste de Manaus.  Os policiais civis em cumprimento de oito mandados de busca e apreensão conseguiram prender seis pessoas – três de uma mesma família –, com mais de 6 quilos de drogas.

A operação realizada pelo 25º e 4 º Distritos  Integrados de Polícia (DIPs) foi coordenada pelo titular da Seccional Leste da Polícia Civil, delegado Clóvis de Leite,  e deflagrada  após um mês de investigação nos bairros Grande Vitória e Armando Mendes, Zona Leste de Manaus.  

Na manhã desta sexta-feira (08) foram presos no bairro Grande Vitória:  Felipe Alves de Almeida, 19; Cláudio Serrão Gonçalves, conhecido como ‘Búiu’; Alan Socorro de Oliveira Macêdo, 25, conhecido como ‘Neco’.


Ainda no fim da tarde de quinta-feira (7),  por volta de 17h30, quando a operação deu início, foram presos Kaio Almeida Cavalcante, 19, Erudson Almeida Cavalcante, 41, e Janderson Almeida Cavalcante, 19, todos primos. Eles vendiam drogas na rua L, quadra 42, no bairro Armando Mendes.

Com eles foram apreendidos 2 quilos e meio de cocaína, 3 quilos e meio de pasta base de cocaína, 100 gramas de maconha prensada, além de um revólver calibre 38, com 14 munições intactas. Alguns aparelhos eletrônicos foram apreendidos na operação entre eles uma balança, uma TV de LCD de 32 polegadas, um notebook, uma caixa amplificada e mais R$3 mil, trezentos e trinta em espécie.

Os seis suspeitos foram autuados por tráfico de drogas e associação para o tráfico e foram encaminhados à cadeia pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa.

Publicidade
Publicidade