Publicidade
Manaus
Manaus

Seis são presos após assaltarem ônibus na Zona Norte de Manaus

Um dos homens mentiu à polícia ao dizer que era vítima e que não conhecia o resto do grupo. A afirmação foi contrariada quando o delegado reconheceu que o suspeito já havia sido preso por ele há dois meses 05/09/2013 às 17:09
Show 1
O grupo foi interceptado quando estava dentro de um veículo S-10 no bairro Colônia Terra Nova, Zona Norte
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Oito passageiros do ônibus da linha 032 e dois funcionários da empresa Eucatur foram vítimas de um assalto na madrugada dessa quinta-feira (5), quando seis homens entraram no coletivo utilizando duas armas de fogo e roubaram pertences pessoais e o dinheiro do caixa. O crime aconteceu na avenida Rio Negro, comunidade Rio Piorini, Zona Norte da capital.

Após o assalto, o motorista do ônibus sinalizou, com as luzes do veículo, para policiais 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) que passavam na rua. Eles recolheram informações sobre as características dos seis homens e que os mesmos haviam fugido em um veículo S-10 de cor preta. São eles Thelles Moreira de Souza, 23, Izaias de Abreu Queiroz, 22, Franklander Pantoja Valério Júnior, 21, Éder Brito de Castro, 18, Henrique Garcia de Souza, 19, e Lucas de Paula de Oliveira, 20.

Durante patrulhamento de uma equipe da 18ª Cicom, o grupo foi encontrado dentro da S-10 de placas JXI-2772 na rua Andirá Açú, bairro Colônia Terra Nova, Zona Norte. Os objetos roubados, uma arma calibre 38 com seis munições e um revólver 32 com cinco balas foram encontrados. No momento da prisão, Thelles estava no volante do veículo. Ele disse que não conhecia o resto do grupo e que era vítima de sequestro.

A afirmação de Thelles foi contrariada pelo delegado Thiago Tenório, que estava de plantão no 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e que já havia efetuado a prisão de Thelles e de Izaias há dois meses por porte ilegal de arma de fogo, durante plantão no 15º DIP. O fato dos dois terem sido presos juntos novamente confirmou a participação de Thelles no assalto ao ônibus 032.

Falso testemunho

Há dois meses, quando foram presos juntos, Izaias disse em depoimento ao delegado Thiago Tenório que não conhecia Thelles. Como a afirmação foi verificada como mentira pela autoridade policial, já que os dois foram capturados novamente em ação conjunta, Izaias responderá pelo crime de falso testemunho acrescido à ocorrência de porte ilegal de arma de fogo de dois meses atrás no 15º DIP.

Thelles, Izaias, Franklander, Éder, Henrique e Lucas foram autuados em flagrante por roubo e formação de quadrilha pelo assalto ao ônibus 032. Eles foram encaminhados para a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, onde ficarão à disposição da Justiça.

Publicidade
Publicidade