Domingo, 21 de Abril de 2019
publicidade
tr_nsito_em_julgado_4F7E692F-A83A-42F4-BF42-F8C474727F8C.JPG
publicidade
publicidade

'TRÂNSITO EM JULGADO'

Seis são recapturados durante operação realizada em bairros de Manaus

Operação teve como objetivo o cumprimento de mandados de prisão expedidos contra condenados da Justiça que descumpriram medida cautelar e são considerados foragidos


17/12/2018 às 17:36

Seis homens voltaram ao sistema penitenciário durante operação “Trânsito em Julgado” realizada na manhã desta segunda-feira (17). A ação resultou na prisão de Jair Henrique Nobre da Silva, 26, Albertt Laranjeira Bezerra, 27, Luiz Moises Pereira do Nascimento, 34, Luís Felipe de Souza Ribeiro, 26, Gilson Marques Nascimento, 23, e Patrick Melo e Silva, 23. 

Segundo a Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop), Jair responde a um processo pelo crime de tráfico de drogas e foi preso na rua 2, bairro Petrópolis, Zona Sul. Albertt responde por homicídio e tráfico de drogas. Ele foi capturado na rua da Paz, bairro Compensa 1, Zona Oeste. Luiz Moisés responde por homicídio tentado e roubo. Ele foi preso na rua Abiguar Bastos, conjunto Amazonino Mendes, bairro Novo Aleixo, Zona Norte.

Luís Felipe responde pelos crimes de participação de organização criminosa e porte ilegal de arma de arma, roubo majorado e foi preso na invasão do bairro Colônia Antônio Aleixo. Patrick responde pelo crime de roubo majorado e foi preso no Parque Riachuelo, bairro Tarumã, Zona Oeste. Gilson responde pelo crime de roubo majorado e foi condenado a cinco anos de prisão.

Mandados de prisão

De acordo com o secretário executivo de Operações, Guilherme Torres, a operação tem como objetivo o cumprimento de mandados de prisão, em diversas zonas da capital amazonense, expedidos contra condenados da Justiça que descumpriram medida cautelar e são considerados foragidos. 

“Uma das características da Seaop é focar no sistema prisional. Já fizemos a operação rastreamento com três fases e agora a 'Trânsito em Julgado' para retirar esses indivíduos que já foram condenados pela Justiça, porém receberam um benefício, mas não voltaram ao sistema prisional, não deram justificativa”, informou.

Levantamento

O secretário disse ainda que, por meio das estatísticas, foram analisados que crimes de homicídio, roubo, tráfico de drogas estão vinculados aos presos que estavam no semiaberto e saíram para as ruas.

“Esses detentos estão envolvidos nos crimes seja de maneira passiva ou ativa. Fizemos um levantamento de inteligência em conjunto com a Seap, levantamos a localização dos homens e realizamos a prisão. Agora, eles serão encaminhados novamente ao sistema prisional e devem justificar ao juiz porque não estavam cumprindo a medida imposta pela Justiça. Devo ressaltar que final do ano é sempre redobrado a atenção ao sistema prisional e a Seaop está fornecendo esse apoio operacional”, disse Torres.

Efetivo

Segundo o coordenador geral de operações, Demetrius Queiroz, cerca de 15 policiais da Seaop participaram da operação que iniciou nas primeiras horas da manhã. Todos os indivíduos estavam em casa, sendo um deles com tornozeleira eletrônica, na qual usava uma meia para cobrir, e nenhum dos homens tentou reagir a prisão.

“Realizamos uma análise dos locais que eles estariam, é todo um trabalho de investigação e por isso conseguimos cumprir uma boa parte desses mandados. A operação deve continuar”, finalizou.

publicidade
publicidade
Famílias do Amazonas vão participar de estudo do MS sobre nutrição infantil
Ex-deputado Hissa Abrahão é eleito presidente do diretório regional do PDT
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.