Sábado, 24 de Agosto de 2019
Cotidiano, Religião, Igreja Católica, Arquidiocese de Manaus, Dom Luiz Soares Vieira, Dom Sérgio Eduardo Castriani, Papa Bento XVI

“Seja quem for o escolhido irá inaugurar o seu pontificado aqui no Brasil”, destaca bispo emérito de Manaus

Em entrevista a uma emissora de televisão local Dom Luiz Soares Vieira comerntou o anúncio da renúncia do papa Bento XVI, bem como a vinda do novo pontífice à Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro



1.gif Para Dom Luiz, papa Bento XVI teve uma "atitude de humildade e coragem"
11/02/2013 às 11:41

Surpresa. Essa foi a definição do bispo emérito de Manaus, Dom Luiz Soares Vieira, 75, a respeito do anúncio da renúncia feita na manhã desta segunda-feira (11), pelo papa Bento XVI, 85.

“Foi uma atitude corajosa! O papa se encontra fraco de saúde e chega uma idade que temos que fazer isso, não é mais possível seguir adiante”, declarou o clérigo durante uma entrevista a uma emissora de televisão local.

Ocupar o cargo de chefia mais importante dentro da hierarquia eclesiástica da Igreja Católica, observou Dom Luiz Soares Viera, exige muita disposição, isto porque tudo o que ocorre no mundo reflete no papa.

“Todos os problemas acabam refletindo no Papa. As guerras é um exemplo disso. A pessoa tem que está bem de saúde para assimilar as coisas e falar a palavra certa de Deus, no momento certo. A atitude dele (Bento XVI) foi de humildade e coragem”, salientou.

Dom Luiz Soares chamou a atenção para o fato de que já haveria uma movimentação sobre uma possível renúncia do sumo pontífice, em virtude de uma declaração dele a respeito da Jornada Mundial da Juventude – que será realizada neste ano no Rio de Janeiro, durante o mês de julho.

Conforme o bispo emérito de Manaus, Sua Santidade teria dito “o Papa virá na Jornada Mundial da Juventude”, o que segundo Dom Luiz Soares poderia ser interpretado como o próprio Joseph Ratzinger participando do evento, bem como o seu sucessor.

“Seja quem foi o escolhido irá inaugurar o seu pontificado aqui no Brasil”, destacou.

Aposentadoria
Após passar 20 anos à frente da Arquidiocese de Manaus, em maio do ano passado Dom Luiz Soares Vieira entregou ao papa Bento XVI a carta de renúncia (aposentadoria) do cargo.

Em seu lugar assumirá o bispo da prelazia de Tefé, Dom Sérgio Eduardo Castriani, 58, nomeado em dezembro de 2012, pelo papa Bento XVI.

Dom Sérgio Castriani deverá assumir a Arquidiocese de Manaus no próximo dia 23 deste mês, em uma missa na Catedral Metropolitana de Manaus.

A despedida de Dom Luiz está prevista para ocorrer no dia 17, ocasião em que acontecerá uma celebração de Ação de Graças pelos seus 21 anos de pastoreio de Dom Luiz Soares Vieira, no Studio 5 Centro de Convenções, no bairro Japiim, na Zona Centro-Sul de Manaus.

“A aposentadoria não significa ficar sem fazer nada”, disse Dom Luiz, ao ser questionado sobre o assunto.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.