Sábado, 14 de Setembro de 2019
Manaus

SEJUS transfere Zé Roberto e Copinho para presídios Federais no RN e PR

Os dois seriam comparsas e estariam tumultuando o ambiente no Compaj. A SEJUS não descarta a transferência de outros detentos para presídios federais



1.jpg Sejus transferiu Copinho e Zé Roberto para presídios federais no RN e PR
07/03/2013 às 11:12

Os detentos Cleomar Ribeiro de Freitas, o “Copinho”, e José Roberto Fernandes Barbosa, o “Zé Roberto da Compensa”, foram transferidos na manhã desta quinta-feira (7) do Complexo penitenciário Aniso Jobim para os presídios federais de Mossoró (RN) e Catanduvas (PR), respectivamente. Os dois deixaram Manaus por volta das seis e meia da manhã, depois de passar pelo instituto médico legal.

Os dois foram transferidos quatro dias após a fuga de 42 detentos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). Nesta quarta-feira (6) o Governador Omar Aziz também exonerou da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejus), Márcio Rys Meirelles de Miranda, na noite desta quarta-feira (06). Ele ficou no cargo durante nove meses. O nomeado para a pasta é o delegado federal Wesley Aguiar, que compôs o secretariado do ex-prefeito de Manaus Amazonino Mendes (PDT).

Meirelles assumiu o cargo em maio do ano passado, em meio a uma turbulência no sistema penitenciário do Amazonas com denúncias de presos desfrutando de privilégios nas unidades prisionais de Manaus, com direito a bebidas alcoólicas, festas e até banho de piscina nos presídios, tudo com a permissão de servidores do sistema.

O ex-titular, ao assumir, prometia transparência ampliação das chances de capacitação dos presos e aplicação dos Direitos Humanos dentro dos presídios.

Em sua gestão, Meirelles enfrentou, além de fuga de detentos, denúncias de espancamento, brigas entre presos, rebeliões, e um explosivo encontrado no muro de uma das unidades prisionais. A Secretaria de Justiça administra dez unidades na capital e oito nos municípios de Coari, Humaitá, Maués, Itacoatiara, Tefé, Tabatinga, Parintins e Manacapuru.

Márcio Meirelles é formado em Administração pela Universidade Federal do Amazonas, Direito pelo Ciesa, especialista em Engenharia de Produção e Direito Penal, mestre em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas.



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.