Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2021
CENÁRIO

Sem acordo, greve de ônibus ainda não está descartada, diz Sindicato

Ao A CRÍTICA a categoria disse que ainda não houve um acordo entre ambos e que está marcada uma nova reunião nesta sexta-feira (04)



show_show_greve_B8C941C6-A2F1-42A6-93E1-C8D7D6812EE1.jpg Foto: Arquivo AC
03/12/2020 às 16:50

Rodoviários de Manaus ainda não descartaram uma paralização nos próximos dias, segundo a categoria ainda não houve um acordo entre os empresários sobre os pagamentos do 13º salário e a permanência de cobradores nos coletivos.

Representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (STTRM) fizeram uma reunião, na tarde desta quinta-feira (3), na sede do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), mas segundo a categoria, o encontro terminou sem um acordo.



Ao A CRÍTICA a categoria disse que ainda não houve um acordo entre ambos e que está marcada uma nova reunião nesta sexta-feira (04).

Segundo o sindicato os empresários já fizeram uma proposta mas que não agradou a categoria. Caso não houver uma decisão que atenda a ambos, a greve irá acontecer.

O sindicato ainda informou que não houve nenhuma alteração na circulação da frota de ônibus em Manaus. O STTRM anunciou no início desta semana que entraria em greve a partir desta quinta-feira (3). Mas por hora a greve teria sido interrompida devido a reuniões que aconteceriam nesta quinta.

Motivo

O motivo para a greve seria por conta da falta do pagamento do 13º salário da categoria e de um possível cancelamento da função de cobradores, que ficariam desempregados.

O Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região emitiu uma liminar determinando uma operação mínima de 85% da frota, sob a pena de multa de R$50 mil para cada hora de paralisação. O Desembargador José Dantas, do TRT, justificou que o momento de pandemia não permite maiores restrições ao serviço e a reivindicação sobre a função de cobrador não tem fundamento na jurisprudência do Tribunal Superior do Trabalho.

Na decisão, o Desembargador destacou a necessidade do pagamento do 13º de forma pontual e por isso autorizou a greve, se necessária, mas desde que se limite a 15% da frota.

News arquipo goes 2c317e75 17b0 4df4 8ca8 d44839069971
Repórter do acritica.com
Jornalista formado pelo Centro Universitário do Norte (Uninorte), natural do município de Coari-AM

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.