Quinta-feira, 23 de Maio de 2019
NOVA VIDA

'Primeira coisa que quero fazer é andar na rua', diz idoso que ganhou prótese

Há 32 anos, o idoso precisava de muletas e cadeiras de rodas para se locomover. Ele ganhou a prótese durante a entrega de materiais ortopédicos realizada pela Susam



idoso_agora_dois_97B556EE-A082-4D24-866C-6DECE19CEBF4.JPG
Santos Souza Xavier foi o primeiro receber o material ortopédico (Foto: Jair Araújo)
10/04/2019 às 15:08

O aposentado Santos Souza Xavier viveu 32 anos com ajuda de muletas e cadeiras de rodas, após precisar amputar a perna esquerda por conta de uma mordida de um animal silvestre. Emocionado, o idoso de 80 anos recebeu uma prótese de perna na manhã desta quarta-feira (10), durante a entrega de materiais ortopédicos, no Centro de Reabilitação Colônia Antônio Aleixo, localizado na Zona Leste de Manaus. 

A felicidade do idoso conseguia ser notada por todos os presentes na entrega realizada pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam). Com lágrimas descendo do rosto e um sorriso de "orelha a orelha", Santos foi o primeiro a receber a prótese. Ainda na cadeira de rodas e acompanhado de um familiar, o homem não escondeu a gratidão de imaginar que voltaria a andar.

“Poxa, eu estou muito feliz. Está fazendo 32 anos que fiquei sem a perna, porque fui mordido por uma fera. Vivi durante todo este tempo de cadeira de rodas e usando muletas. Este dia representa muito para mim”, comentou o aposentado, chorando muito.

A primeira coisa que o idoso prometeu fazer após receber a prótese era andar pelas ruas do bairro Colônia Antônio Aleixo. Claro, com calma e tranquilidade, mas com um sentimento de voltar a aproveitar os mínimos detalhes da vida.

"Estou emocionado por ter uma perna agora. A primeira coisa que quero fazer é andar na rua, mas claro bem devagar, para não me machucar. Se Deus quiser, vou conseguir fazer tudo que não conseguia fazer", disse o aposentado.

Sentado atrás de Santos, o aposentado Moíses Siqueira, de 64 anos, também não escondeu as lágrimas por receber uma prótese acompanhada de um calçado ortopédico. O homem precisou amputar a perna esquerda após sofrer uma lesão grave no pé.

"Eu perdi a perna no dia 3 de outubro de 2017. Eu tinha uma lesão muito séria no pé e precisei amputar a perna. Desde lá, estava esperando me darem uma prótese. Fiquei muito ansioso e agora estou recebendo. É uma coisa muito boa. Estou sentindo uma felicidade muito grande só de imaginar que chegarei em casa sem ajuda das muletas", comemorou, entre risos e lágrimas.

Entrega

Na manhã de hoje (10), foram entregues para pacientes do centro de reabilitação da Policlínica Antônio Aleixo, 10 próteses, 15 órteses de membros inferiores e 80 pares de calçados adaptados.

Um dos que recebeu o par de calçados foi o aposentado Mauricio dos Santos Andrade, de 57 anos. Ele comenta que agora com o material conseguirá andar normalmente. "É uma sensação muito legal de receber a órtese, porque tenho muita dificuldade para me locomover. Sou diabético e precisei fazer uma amputação na metade do pé. Já usei sapatos adaptados, mas até agora não deu resultado. Tenho certeza que com a órtese vai dar certo”, comentou.

Materiais ortopédicos

Segundo a Susam, ao todo, até setembro serão entregues 180 pares de calçados adaptáveis, como parte do processo de integrado da Policlínica Antônio Aleixo, Centro de Reabilitação e Oficina para confecção de instrumentos de proteção para o dia a dia. 

"Essa entrega faz parte de um cuidado integralizado das pessoas atingidas pela hanseníase e pé diabético que são atendidos no tratamento de feridas crônicas na policlínica. Esse tratamento é feito inicialmente pela nossa enfermagem e serviço social. A partir desse tratamento, eles são encaminhados para a reabilitação, e para que as feridas não abram, é necessário esse calçadas", explicou o diretor geral da policlínica, José César Carvalho.

Ainda segundo o diretor geral, o processo de seleção para a escolha dos primeiro beneficiados é feito por meio de cadastro e avaliação da enfermeira responsável e do serviço social, conforme a necessidade de cada paciente. "Vamos preparar uma licitação para que o trabalho de entrega não seja atrapalhado", completou.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.