Publicidade
Manaus
REVOLTA

Sem poder entrar no Compaj, familiares de detentos fecham BR 174 em protesto

Informados pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) de que não poderiam entrar no presídio para entregar alimentos aos internos, eles decidiram protestar 12/01/2017 às 17:09 - Atualizado em 12/01/2017 às 18:02
Joana Queiroz Manaus

Familiares de detentos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus, fizeram um protesto na tarde desta quinta-feira (12). Impedidos de entrar na unidade para deixar alimentos para os presos, os parentes resolveram interditar o Km 8 da rodovia BR 174, que dá acesso ao presídio.

A princípio, a entrada dos familiares havia sido liberada às 15h, pelo secretário de Estado de Segurança Pública, Sérgio Fontes,. Mas depois, eles foram informados pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) que não poderiam entrar. Revoltados, eles decidiram então protestar fechando a estrada.

A Polícia Rodoviária Federal, a Polícia Militar e a Força Nacional foram acionadas para conter o protesto. No momento, parte da estrada já foi liberada. Os familiares estão desde as primeiras horas desta quinta (12), em frente ao Compaj, esperando para entrar com alimentos. Segundo eles, muita coisa já estragou por conta da espera sem fim.

Publicidade
Publicidade