Sexta-feira, 19 de Abril de 2019
publicidade
MAMOGRAFIA_ACRE_2C062023-D07E-4519-AB8A-4AA117C53E2B.jpg
publicidade
publicidade

CONSCIENTIZAÇÃO

Semáforo na Arena da Amazônia terá ação de prevenção ao câncer nesta segunda (4)

No Dia Mundial de Combate ao Câncer, FCecon fará distribuição de conteúdo educativo sobre os "Fatores Externos de Risco do Câncer" no cruzamento das avenidas Pedro Teixeira e Constantino Nery


03/02/2019 às 19:59

A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (Fcecon) realiza, nesta segunda-feira (4), uma ação educativa para lembrar o Dia Mundial de Combate ao Câncer. A partir das 7h30, uma equipe do Departamento de Prevenção e Controle do Câncer (DPCC) fará a abordagem com distribuição de conteúdo educativo sobre os "Fatores Externos de Risco do Câncer", no cruzamento das avenidas Pedro Teixeira e Constantino Nery, próximo à Arena da Amazônia, bairro Flores, Zona Centro-Sul de Manaus.

O dia 4 de fevereiro é marcado pela conscientização da sociedade para a prevenção, diagnóstico precoce e o tratamento do câncer. A data foi criada pela União Internacional de Controle do Câncer (UICC) e apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS), com a intenção de mobilizar a população e organizações sobre os cuidados necessários para a prevenção da doença, que mata, anualmente, 9,6 milhões de pessoas em todo o mundo e, segundo projeção da Agência Internacional de Pesquisa sobre o câncer (Iarc), deve ser a principal causa de morte até o ano de 2030. A Campanha de 2019 convoca para o controle do câncer, com o slogan “Eu Sou e Eu Vou”.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), em 2019, cerca de 600 mil novos registros da doença irão ocorrer no Brasil. Destes, 5.860 casos devem ser registrados no Amazonas, conforme a previsão.

Alerta à população

Conforme destaca a gerente do serviço de oncologia clínica da FCecon, Gilmara Resende, as campanhas tem um forte apelo junto à população. “Essa data faz parte do calendário mundial das instituições que atuam no combate ao câncer e serve para alertar a população sobre como a gente pode reduzir as chances de desenvolver um tumor. Vale lembrar que de 80% a 90% dos tumores são associados a causas externas. Significa que o estilo de vida e os hábitos da pessoa podem aumentar a chance de ter a doença. Apenas 20% dos cânceres são causados por fatores genéticos, mas hoje já temos exames capazes de reduzir esse risco para quem apresenta pré-disposição”. 

A prevenção do câncer envolve hábitos frequentes, como fazer exames preventivos, se expor menos à radiação solar e a produtos químicos; evitar o uso de tabaco, drogas ilícitas e o consumo excessivo de bebida alcoólica; adotar uma alimentação saudável e reduzir a ingestão de açúcar. As comidas ultraprocessadas e com altos níveis de conservantes artificiais ou longo prazo de validade também favorecem o risco de desenvolver o câncer.

Exercícios físicos

Gilmara Resende reforça que a prática regular de exercícios físicos é indispensável para prolongar a qualidade de vida. “Seja em qualquer idade, a atividade física funciona como um remédio para o nosso corpo, não só para evitar o câncer, mas para prevenir as doenças cardiovasculares. As pessoas preferem tomar medicação a fazer uma caminhada ou natação. Na medida em que vamos envelhecendo, as chances de ter câncer aumentam, isso é natural, por isso, a partir dos 50 anos, é preciso fazer endoscopia digestiva e colonoscopia", explica.

De acordo com Gilmara Resende, existem tumores que podem ser prevenidos, como o de colo uterino. “Temos uma grande incidência de tumores de colo de útero, que podem ser curáveis nas fases iniciais e a transmissão se dá por um vírus adquirido na relação sexual - o HPV (Papiloma Vírus Humano). É possível evitar que a doença chegue à fase final. Eu trato muitas pacientes jovens com tumores muito avançados, que se há 4 anos tivessem feito um preventivo, evitariam o desenvolvimento da doença”, disse a médica

Ela ressalta ainda a necessidade de prevenção ao HPV, que causa o câncer de útero e, para o qual há vacina na rede pública de saúde para adolescentes. “Os pais devem lembrar de vacinar as crianças, meninos e meninas, na fase da adolescência, contra o HPV, que também é responsável pelo tumores de orofaringe e de pênis”.

Números

Na FCecon, que é referência no Amazonas e mais oito Estados da Região Norte e Nordeste, os três principais tipos de cânceres diagnosticados são de colo de útero, próstata e mama. Os casos de leucemia são tratados na Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Estado do Amazonas (Hemoam).

Sobre a FCecon

Além de renomado corpo clínico, a Fcecon também se destaca pelas ações desenvolvidas nas áreas de Prevenção, Ensino e Pesquisa, as quais foram ampliadas significativamente, ao longo dos 45 anos, com o aumento do número de campanhas de combate à doença e pesquisas envolvendo acadêmicos e doutores, fortalecendo a área científica no Estado.

publicidade
publicidade
Bolsonaro e Paulo Guedes se contradizem ao falar sobre Zona Franca de Manaus
Celebrações religiosas marcam Sexta-feira da Paixão na Catedral de Manaus
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.