Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2021
ELEIÇÕES

Semana final é ‘tudo ou nada’ para candidatos, diz pesquisador

Amazonino Mendes e David Almeida iniciam última semana de campanha ampliando visitas aos bairros e o contato com o eleitor



show_amazonino_7427C6CF-B76F-4584-9F9D-FFBFA486FD11.jpg (Foto: Arquivo AC)
24/11/2020 às 08:40

Guerra judicial, visitas a bairros e ataques retóricos elevam a temperatura da última semana de campanha para prefeito de Manaus. Amazonino Mendes (Podemos) e David Almeida (Avante) apostam visitas aos bairros, promessa de auxílio emergencial para turbinar as redes sociais de imagens. Em outra frente, na Justiça Eleitoral, a briga é para liberar propaganda negativa contra o adversário.

Na avaliação do pesquisador e dono Action Pesquisa, Afrânio Soares, por conta do curto espaço de tempo, o segundo turno mais curto da história, e devido as projeções das pesquisas, os candidatos vão partir para o “turo ou nada”.



Apesar da pandemia do novo coronavírus, os candidatos cumpriram neste fim de semana agenda de rua participando de reuniões e promoção de adesivaço com apoiadores.

No fim de semana, Amazonino participou de reuniões com lideranças políticas e comunitárias, visitou bairros e gravou vídeos paras as redes sociais e programa eleitoral gratuito. Também promoveu, no Jorge Teixeira, um encontro que reuniu centenas de apoiadores, conforme informou a assessoria de imprensa do candidato.

O ex-governador esteve na Feira da Banana, no Centro, onde conversou com comerciantes e prometeu, caso seja eleito, implementar o Banco da Gente, com oferta de linhas de crédito para pequenos empreendedores e para os que desejam montar o seu próprio negócio.

David Almeida participou no domingo de caminhadas e adesivaços em diversas zonas da cidade. Por causa de sua opção religiosa, ele não cumpriu agenda de campanha no sábado. David Almeida é adventista.

A campanha do ex-deputado não soube precisar se nessa reta final, vai concentrar esforços em uma zona específica da cidade, mas afirmou que a definição será feita pela direção da campanha, mas "a princípio a cidade inteira é prioridade de David".

Temperatura

O primeiro programa eleitoral desta última semana do segundo turno, exibido nesta segunda-feira, de Amazonino ataca o adversário. O de David enfatizava a sua origem humilde e enfatizava os feitos de sua gestão interina à frente do governo do Amazonas.

Desde a retomada da propaganda eleitoral gratuita, na última sexta-feira, Amazonino Mendes tem adotado a estratégia de tentar desconstruir a imagem de David Almeida ao tentar ligá-lo a escândalos de corrupção da gestão da saúde do governador cassado José Melo.

Com as intenções de votos mostrando a dianteira do ex-presidente da ALE-AM estratégia de Amazonino é conectar David à uma suposta falha da ‘nova política’ afirmando que o candidato é apoiado pelo governador Wilson Lima (PSC).

Apesar da guerra de narrativas, os candidatos não deixaram de lado as promessas de campanha. Algumas das propostas são ‘requentadas’ ainda do primeiro turno, mas mesmo com o tempo maior ambos candidatos não conseguiram detalhar como vão implementar essas propostas de políticas públicas, caso sejam efetivamente eleitos.

De olho nos votos dos mais pobres

De olho no eleitorado com maior vulnerabilidade social, os dois candidatos a prefeito têm insistido na proposta de renda mínima.

Amazonino promete o programa Renda Manaus com auxílio financeiro de R$ 300 mensais até 2024 "a todos que deixarem de receber o auxílio emergencial do governo federal e que estejam cadastrados no Programa Bolsa Família".

A proposta de auxílio de Amazonino difere de todos os candidatos que trataram sobre o tema. Ao menos três candidatos apresentaram proposta semelhante no primeiro turno, mas concedendo valores de até R$ 200 durante um ano.

David Almeida promete também o ‘Auxílio Manauara’ de R$ 200 por um ano. Segundo David, a proposta visa mitigar os efeitos econômicos da pandemia na renda de famílias de baixa renda. Nenhum dos dois candidatos detalham de onde virão esses recursos.

Equipes ampliam volume de campanha

Nesta segunda feira, a chapa David Almeida e Marcos Rotta concedeu uma série de entrevista a veículos locais, segundo sua assessoria de comunicação. Participou de reunião com empresários do comércio do Amazonas. E encerrou a agenda com evento com lideranças na Zona Oeste da cidade.

O candidato da Coligação Juntos Podemos Mais, Amazonino Mendes participou de reunião de coordenação de campanha, nesta segunda-feira pela manhã. À tarde teve reuniões com lideranças, concedeu entrevista à emissora de TV e fez visita a bairros. À noite teve reuniões com comunitários.

O candidato a vice Wilker Barreto (PODEMOS) participou de Caminhada no Parque Solimões, pela manhã. À tarde concedeu entrevista para emissora de rádio e participou de reuniões com trabalhadores. À noite teve reuniões com lideranças políticas.

No primeiro turno, Amazonino venceu em nove das 13 zonas de Manaus, enquanto David Almeida foi o mais votado em quatro.

TRE decidirá se vale propaganda negativa

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) decide, nesta terça-feira, se a propaganda eleitoral de Amazonino pode associar a imagem de David Almeida ao governador Wilson Lima e ao ex-governador José Melo.

A corte vai analisar um mandado de segurança da Coligação "Juntos Podemos Mais". O juiz coordenador da Propaganda Eleitoral Alexandre Novaes de Araújo mandou remover propaganda após a veiculação de uma inserção de 31 segundos na manhã de sexta-feira.

O filmeto acusa David Almeida de ser um “erro”, como foram Melo e Wilson, que supostamente seriam seus apoiadores ocultos no pleito.

A defesa de Armando Mendes alega que a propaganda se insere dentro dos” limites da liberdade de expressão e que a decisão, na forma como foi proferida, configura censura prévia”.

O desembargador eleitoral Márcio Cavalcante, relator do caso, concedeu liminar (decisão provisória e urgente) a favor do ex-governador, mas enviou o caso ao plenário. "De fato, concordo que, embora não haja menção a nomes, a propaganda está nitidamente se referindo ao candidato adversário", interpreta o relator.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.