Segunda-feira, 14 de Junho de 2021
AULAS

Semed adia retorno das aulas na rede municipal em Manaus para o dia 31 de maio

Retorno no sistema híbrido estava previsto para o dia 18, mas foi alterado porque a Semed espera a vacinação dos profissionais para retomar atividades; imunização da categoria ainda não começou



51169796702_5f9d962195_c_98A13BBE-B943-45BB-B06B-7F2C13807910.jpg Foto: Altemar Alcântara (Semcom)
13/05/2021 às 14:50

A Secretaria Municipal de Educação (Semed), adiou o retorno das aulas no formato híbrido da rede municipal de ensino, que estava previsto para o dia 18. A secretaria afirmou que segue todas as recomendações dos órgãos de saúde, e disse que manter a segurança, nesse momento de pandemia, dos servidores, alunos e pais ou responsáveis é prioridade. Por isso, a volta deve acontecer no próximo dia 31/5, quando, segundo a Semed, "todos os servidores estiverem vacinados contra a Covid-19".

A Semed reitera que o Prefeito de Manaus, David Almeida, e o secretário Municipal de Educação, Pauderney Avelino, foram até Brasília (DF) dialogar com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, a respeito das vacinas contra a Covid-19 para os profissionais da educação. Além disso, a Justiça Federal concedeu decisão favorável à prefeitura, na quarta-feira, 12/5, para que seja antecipada a vacinação da categoria com o envio de 40 mil doses de forma imediata.



No entanto, mesmo com a decisão judicial favorável, não há tempo hábil para que todos os professores estejam vacinados no dia 31, uma vez que as vacinas são aplicadas em duas doses, com intervalo mínimo de 14 dias entre as doses, no caso da Coronavac, a que possui menor tempo entre a primeira e a segunda dose. 

Antecipação

Por meio do estudo “CovacManaus”, foi garantida a antecipação da vacina contra a Covid-19 para um grupo de profissionais da educação municipal com comorbidade (comprovada por laudo médico), de idade entre 18 a 49 anos. Outros grupos da categoria foram vacinados no cronograma da Prefeitura de Manaus. Por essas duas vias, 5.856 tomaram a primeira dose da vacina, e 3.119 tomaram a segunda dose. Atualmente, a rede municipal de ensino conta com 16.019 servidores.

A Semed afirma, ainda, que criou um comitê intersetorial, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), para o plano de retorno às atividades presenciais, que monitora, entre outras questões, o número atual de infectados e o índice de propagação do vírus em cada zona da cidade. O grupo de trabalho, dividido em seis eixos (Pessoal, controle epidemiológico, comunicação, infraestrutura, logística, tecnologia e pedagógico), realiza estudos para a adequação das unidades de ensino, que desde o ano passado receberam cartazes e adesivos com informações sobre o distanciamento social e de prevenção à Covid-19.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.