Quinta-feira, 21 de Novembro de 2019
Manaus

Semsa começa a aplicar fumacê nas áreas alagadas, como prevenção à dengue em Manaus

A programação deve durar cerca de quatro semanas, percorrendo aproximadamente 10 mil imóveis das zonas Oeste, Sul e Centro-Sul, que são as áreas mais atingidas pela cheia



1.jpg A programação deve durar cerca de quatro semanas, percorrendo aproximadamente 10 mil imóveis das zonas Oeste, Sul e Centro-Sul, que são as áreas mais atingidas pela cheia
18/05/2012 às 11:45

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) inicia nesta sexta-feira (18) operação de aplicação de fumacê nas áreas atingidas pela enchente, uma ação preventiva de combate à dengue nesses locais, porque a água parada é um dos principais criadouros do mosquito transmissor da doença, o Aedes Aegypti.

A programação deve durar cerca de quatro semanas, percorrendo aproximadamente 10 mil imóveis das zonas Oeste, Sul e Centro-Sul, que são as áreas mais atingidas pela cheia.



O secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, informa que as ações alcançarão as áreas do Centro da cidade e os bairros São Raimundo, São Jorge, Glória e Compensa.

Serão 52 agentes de endemias envolvidos na operação, que conta com o apoio da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Instituto Municipal de Trânsito (Imtrans) e Guarda Municipal.

A concentração, para início da atividade, nesta sexta-feira, será às 16h, na entrada do Parque Jefferson Peres, Centro da cidade. O secretário Francisco Deodato estará no local para explicar os detalhes da operação.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.