Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019
Manaus

Semsa mantém vacina da gripe até chegar aos 100% de vacinados

Mesmo considerando a campanha um sucesso, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) anunciou que manterá durante toda a semana, 145 unidades de saúde da rede municipal vacinando as pessoas que não conseguiram se proteger contra a gripe na campanha, até chegar aos 100%



1.jpg A campanha em Manaus começou no dia 15 de abril e teve o dia D no dia 20 de abril, no Parque Municipal do Idoso
29/04/2013 às 14:57

Com 92,87%, ou seja, 227.320 de pessoas vacinadas durante a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, o município de Manaus manteve o patamar de ser a primeira capital do País a atingir a meta de vacinar o mínimo de 80% dos grupos prioritários da imunização. Mesmo com o sucesso da campanha, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) anunciou que manterá durante toda a semana, 145 unidades de saúde da rede municipal vacinando as pessoas que não conseguiram se proteger contra a gripe na campanha, até chegar aos 100%.

Em segundo lugar na vacinação, ficou Porto Alegre (RS) que vacinou 80,61% e as outras capitais não conseguiram chegar à meta, oscilando em 24,30% (Boa Vista). “Manaus não vai fazer prorrogação da campanha, porque superamos a meta, vamos disponibilizar apenas a vacina nas unidades da rede municipal, sem equipes volantes ou em outros locais. O Ministério da Saúde pediu a prorrogação até o dia 10 de maio, porque a maioria dos municípios não conseguiu atingir o mínimo exigido. Manaus já ultrapassou, mas mesmo assim vamos disponibilizar a vacina nas unidades de saúde para que os grupos prioritários possam continuar se protegendo contra a gripe”, enfatizou o secretário municipal de Saúde, Evandro Melo, acrescentando que o número de pessoas imunizadas até às 17h de sexta-feira ainda não está fechado e pode ser ainda maior.   

“Acreditamos que já nesta semana conseguiremos chegar aos 100%, que são 244.778, ou seja, quase 245 mil pessoas imunizadas e protegidas contra a gripe. O que demonstra que todas as nossas estratégias de busca ativa deram certo”, comemorou o secretário.

Evandro Melo lembrou que uma das estratégias foi colocar equipes volantes em condomínios residenciais, em shoppings, supermercados, igrejas, terminais de ônibus, hospitais privados e públicos, tudo para ir onde estavam os acamados, as crianças, idosos, indígenas, profissionais de saúde, gestantes, mulheres de resguardo, diabéticos e hipertensos, além dos presidiários. “E graças à determinação do prefeito Arthur Neto e  também ao bom trabalho da nossa equipe da Semsa, conseguimos alcançar o nosso objetivo com sucesso. Diferentemente de outras capitais, que ainda estão em 30% de vacinados”, afirmou Evandro Melo.

A campanha em Manaus começou no dia 15 de abril e teve o dia D no dia 20 de abril, no Parque Municipal do Idoso, quando mais de cinco mil pessoas se mobilizaram em toda a cidade para vacinar os grupos prioritários estipulados pelo Ministério da Saúde. “Também colocamos quatro telefones à disposição da população para que as equipes fossem em condomínios e hospitais particula res. E deu certo também”, enfatizou o secretário municipal de Saúde.

A vacina protege contra três subtipos do vírus influenza: A (H1N1) – conhecido popularmente como gripe suína –, A (H3N2) e B. Estes são os subtipos que mais circularam no inverno passado, segundo o Ministério da Saúde.

*Com informações da assessoria de imprensa

 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.