Terça-feira, 16 de Julho de 2019
CONTRATO ÀS PRESSAS

Semsa vai pagar R$ 23 mil mensais por aluguel de cinco ambulâncias

Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) alugou, sem licitação, cinco ambulâncias para o programa Samu pelo período de seis meses



MARCELO_MALGADI.JPG Secretário da Semsa, Marcelo Magaldi, afirmou que a contratação dos veículos seu deu por conta das festas de fim de ano e Carnaval. Foto: Arquivo AC
19/12/2017 às 07:03

O secretário municipal de Saúde (Semsa), Marcelo Magaldi, alugou, sem licitação, cinco ambulâncias da empresa W F Representações Ltda, no valor de R$ 690,1 mil. O motivo: a chegada das festas de fim de ano e o carnaval.

O ato de dispensa de licitação foi assinado no dia 14 deste mês e publicado na edição do dia seguinte do Diário Oficial do Município de Manaus.

Os cinco veículos, tipo ambulância, de acordo com o Diário Oficial, serão utilizados no Programa SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) 192 Manaus Metropolitano, da Semsa.

O despacho de dispensa de licitação carrega a assinatura do subsecretário de gestão Administrativa e Planejamento, Jean Marcelo Chaves de Abreu e é ratificado pelo titular da Semsa, Marcelo Magaldi.

Procurado pela reportagem, Magaldi atribuiu à pressa em alugar sem licitação as ambulâncias as festas de final de ano e o Carnaval. Segundo ele, as ambulâncias deveriam ser fornecidas pelo Ministério da Saúde, mas até o momento não foram enviadas.

O aluguel será pelo período de seis meses. Por mês, serão pagos R$ 23 mil por cada uma das cinco ambulâncias.

“O Ministério da Saúde reconheceu que Manaus tem direito de receber mais oito ambulâncias em 2017, o que ainda não ocorreu por falta de recurso e não conclusão da licitação. Com a chegada do Natal, do Reveillon e do Carnaval, a população não pode esperar, então resolvemos alugá-las. A previsão é de que as ambulâncias do Ministério da Saúde cheguem na metade de 2018”, explicou Marcelo.

Segundo o titular da Semsa, uma outra empresa chegou a ser consultada, mas a W F Representações Ltda ofertou o menor preço. Magaldi não soube informar o nome e nem o valor da empresa preterida.

Há tempos

Entre as ambulâncias em funcionamento na capital amazonense, há aquelas que estão sendo utilizadas há 11 anos.

“O problema não é só o número (de ambulâncias), porque como elas já estão, como o próprio ministério reconhece, precisando ser trocadas, o importante é a manutenção para evitar o risco de uma ambulância quebrar com pacientes dentro. Por isso optamos por alugar essas ambulâncias agora. Há 25 ambulâncias em funcionamento, mas muitas outras paradas. Há ambulâncias de 2013, no caso das mais recentes, outras são de 2008, 2006”, declarou o secretário.

A assessoria de comunicação da Semsa informou que outras 16 ambulâncias estão paradas. Foram consultadas para o aluguel das cinco ambulâncias, além da WF Representações, outras três empresas: Life Saúde – R$ 59,5 mil por veículo; Santa Fé – R$ 31,5 mil por veículo; e Seta – R$ 29,8 mil por veículo.

Demanda

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Manaus possui 2.130.264 habitantes. Segundo o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, 25 ambulâncias estão em funcionamento. Desta forma, cada ambulância tem que atender, em média,  85.210,56 pessoas, em Manaus.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.