Domingo, 22 de Setembro de 2019
ATO

Servidores da Receita Federal do AM protestam contra ataques que afirmam sofrer

Manifestantes reivindicam também contra a proposta de redução da remuneração e a criação da Lei do Abuso de Autoridade



servidores_C0AC16C7-A0FC-4008-A3E1-F9973517A621.JPG Foto: Junio Matos
21/08/2019 às 13:20

“Ninguém está acima da Lei”. Foi exatamente com esta frase que aproximadamente 50 servidores da Receita Federal do Amazonas se reuniram durante a manhã de hoje (21) na sede do órgão, localizada na avenida Danilo Aerosa, Zona Sul de Manaus, em adesão ao Dia Nacional do Luto. Segundo eles, a instituição vem sofrendo constantes ataques dos poderes Executivo e Legislativo, e também por parte do Supremo Tribunal Federal.

Utilizando roupas, faixas e adereços de cor preta, simbolizando o sentimento de luto pelo possível impedimento de exercer funções básicas como fiscalizar autoridades vinculadas ao Estado e ações de combate à corrupção.

O presidente da Delegacia Sindical, André Montebelle, explicou que o objetivo das manifestações é fazer frente às investidas contra o trabalho da Receita e da classe.

“Algumas autoridades do Estado estão se achando acima da lei e acreditam que têm o direito de impedir que a Justiça trabalhe quando no polo passivo dessas investigações está o nome deles. Nosso objetivo principal é esse: alertar quanto aos ataques que a Receita Federal está sofrendo, assim como diversos órgãos de combate à corrupção”, disse.

Segundo os servidores, entre as motivações dos servidores estão a proposta de redução da remuneração, proposta pelo Tribunal de Contas da União e a criação da Lei do Abuso de Autoridade, que estabelece punições mais severas, como o afastamento do cargo para servidores que abusarem do poder no combate ao crime organizado, por exemplo.

De acordo com o auditor fiscal da Receita Federal, Aniello Aufiero Junior, medidas como essa ameaçam, em sua totalidade o trabalho fiscalizador do órgão.

“Temos um papel fundamental em relação à corrupção que foi instrumentalizada por meio da Lava-Jato e de várias operações conhecidas da população. O que estamos sofrendo nos últimos tempos é uma tentativa de determinados poderes e determinadas forças nos controlar em determinadas situações”, resumiu.

As manifestações aconteceram simultaneamente em todo o País, tendo como base defender a classe de medidas tomadas pelo Governo Federal. A recomendação era que todos os servidores se vestissem ou usassem adereços na cor preta, remetendo ao luto.

News whatsapp image 2019 05 27 at 11.54.48 8d32dbdd 4f80 4c51 b627 e3873c2e56de
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.