Domingo, 13 de Junho de 2021
CEMITÉRIOS

Sindicato de funerárias solicita volta de enterros noturnos em Manaus

Prefeitura vai instalar câmaras frigoríficas para condicionar temporariamente corpos nos cemitérios de Manaus. Capital amazonense registra média de 16,6 enterros por hora



HTH__JM7273_0007273_3632A7DA-3644-4244-9DEB-EB26D4E0A2F1.JPG Foto: Junio Matos
12/01/2021 às 13:18

Manaus registrou na última segunda-feira (11), uma média de 16,6 enterros a cada hora. Os dados são referentes aos 150 sepultamentos ocorridos naquele dia entre as 8h e 17h, que é o horário de funcionamento dos cemitérios de Manaus.

Diante deste cenário atual, o Sindicato das Empresas Funerárias de Manaus solicitou da Prefeitura de Manaus que o funcionamento de todos os cemitérios seja estendido. De acordo com o sindicado, se houver um aumento de quatro horas no horário de funcionamento, pelo menos 20 enterros a mais poderão ser realizados diariamente. 



O secretário municipal de Limpeza Pública, Sabá Reis, confirmou que não serão realizados enterros em valas comuns, como aconteceu no primeiro pico da pandemia em Manaus, em abril e maio do ano passado. 

“Não vai existir a possibilidade de não haver espaço para enterrar as pessoas com dignidade”, explicou, emocionado.

Ele disse também que existe a possibilidade de realizar enterros no período da noite. “O cemitério está todo iluminado e faremos o que for possível para diminuir o sofrimento das pessoas. Se necessário, faremos enterros durante a noite sim. Só não farei, se eu for impedido”.

Ele disse ainda que na próxima semana, serão instaladas câmaras frigoríficas nos cemitérios para acomodar os corpos que não puderem ser enterrados no mesmo dia.

Reis ainda assegurou a construção de um cemitério vertical com 22 mil gavetas mortuárias.

Especial para A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.