Publicidade
Manaus
Manaus

SINPOL-AM reivindica promoções para os servidores da Polícia Civil

O Sindicato dos Funcionários da Policia Civil do Estado do Amazonas exige que José Melo assine o decreto das promoções da Polícia Civil conforme o prometido pelo governador durante a campanha para o segundo mandato 24/11/2014 às 18:45
Show 1
O presidente do SINPOL-AM diz que a categoria não pretende realizar greve
Cynthia Blink Manaus (AM)

Em uma carta aberta destinada ao governador do Amazonas, José Melo, o Sindicato dos Funcionários da Policia Civil do Estado do Amazonas (SINPOL-AM) solicitam as promoções para os servidores da Policia Civil que haviam passado por avaliação e estavam aptos a elevação de postos. Em entrevista ao portal A crítica, o presidente, Moacir Maia de Freitas, da SINPOL-AM adiantou que a Polícia Civil ainda não cogita realizar uma greve.

“Ainda não pretendemos chegar a esse ponto (de realizar uma greve). A carta aberta foi uma forma do sindicato dar uma satisfação para a categoria, mostrar que o sindicado não está conivente com a situação. Desde junho essas promoções tem nos deixados magoados queremos realmente mostrar a insatisfação da classe. É uma dificuldade muito grande conseguir as promoções. A Casa Civil diz que devemos ir ao DG (Delegacia Geral) e o DG nos manda para a Casa Civil”, explica o presidente do sindicato.

Para o presidente será mais fácil encontrar uma solução após uma reunião com o governador. “Desejamos fazer uma reunião com o governar, mas está muito difícil, isso também nos levou a publicar a carta”, revela Freitas.

Em resposta a carta aberta, a Agência de Comunicação do Governo do Amazonas (Agecom) informou que “o governador José Melo está trabalhando na formatação da nova administração que inicia em 2015, bem como ainda finaliza, juntamente com assessores, a prestação de contas da campanha eleitoral. Neste período, o governador também mantém reuniões para tratar do fechamento das contas do Estado, em cumprimento a exigências da Lei de Responsabilidade Fiscal.  Por esses motivos, o governador ainda não retomou a agenda de audiências regulares demandadas por diversos segmentos sociais. A Agecom informa, ainda, que o governador José Melo cumprirá com todos os compromissos por ele firmados”.

Publicidade
Publicidade