EDUCAÇÃO

Sinteam não descarta greve para barrar retorno às aulas presenciais em Manaus

Anúncio da volta às aulas a partir do próximo dia 10 de agosto não agradou os profissionais da educação vinculados ao sindicato

Karol Rocha
28/07/2020 às 18:50.
Atualizado em 22/03/2022 às 16:09

(Foto: Junio Matos)

O anúncio de retomada das aulas presenciais na rede pública estadual em Manaus, marcada para o dia 10 de agosto, não agradou os profissionais da educação vinculados ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Amazonas (Sinteam). 

Em frente ao Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) Elisa Bessa Freire, no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste, os professores pediam que o Governo do Amazonas reavaliasse o retorno das aulas presenciais em decorrência dos casos de Covid-19. 

Na ocasião, a presidente da entidade, Ana Cristina Rodrigues, também não descartou a possibilidade de greve da categoria diante do anúncio de volta às aulas presenciais para o dia 10 de agosto.

À reportagem, ela disse que os profissionais de educação não estão preparados emocionalmente para o retorno em sala de aula e a razão, conforme Cristina, está ligada ao vírus que continua circulando pela capital.  

“Somos contra o retorno da forma em que está se apresentando. É preciso que se observe ainda mais o desenvolvimento do vírus, é preciso que se construa um retorno pensando na vida dos trabalhadores, é preciso que se converse mais conosco. O profissional não está emocionalmente preparado para o retorno, nós estamos falando em colocar as vidas em vulnerabilidade”. 

Ela afirmou que os trabalhadores se reunirão em assembleias para discutir os próximos passos do pleito.

“Nós vamos reunir os professores de educação e eles irão ditar os rumos que iremos tomar para os próximos dias. Consideramos que o retorno ainda é muito cedo, não se sabe exatamente sobre o vírus e o desenvolvimento dele no Estado”, ressaltou ainda. 

Retorno às aulas

Está marcado para o dia 10 de agosto, o retorno das aulas presenciais na rede pública estadual de ensino, em Manaus. O anúncio da retomada das atividades escolares em sala de aula foi feito pelo governador Wilson Lima, no evento no Ceti Bessa Freire, na manhã de hoje.

Conforme o Governo do Amazonas, o retorno das aulas em sala, na capital, teve o aval da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), que acompanha os dados do novo coronavírus (Covid-19) no estado. 

Para que o regresso seja o mais seguro possível, a Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc) construiu um Plano de Retorno às Atividades Presenciais, que reúne as medidas direcionadas a cada setor da comunidade escolar.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por