Terça-feira, 23 de Julho de 2019
Manaus

SMTU deve usar as férias de fim de ano para oficializar as faixas exclusivas do BRS em Manaus

Superintendência pretende oficializar em janeiro o funcionamento das faixas exclusivas na avenida Constantino Nery, com direito a multas para quem desrespeitar



1.jpg De acordo com a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos, a partir de janeiro as faixas delimitadas da avenida Constantino Nery serão exclusivas para o BRS e quem desrespeitar será multado
27/10/2014 às 11:48

A Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) vai aproveitar as férias escolares para colocar oficialmente em funcionamento a faixa exclusiva para ônibus articulados na avenida Constantino Nery, na Zona Centro-Sul. O superintendente da SMTU, Pedro Carvalho, declarou que, a partir de janeiro, os 58% da população conduzidos em linhas de ônibus serão tratados como prioridade no principal corredor de ônibus da cidade.

A mudança prevê que os motoristas de carros particulares que insistam em trafegar na faixa azul paguem multas e sejam punidos com perda de pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Pedro Carvalho afirmou que o período foi escolhido propositalmente para coincidir com as férias escolares, que é quando o tráfego de veículo costuma melhorar na cidade. “Dessa maneira, a adaptação poderá ser conduzida de uma maneira mais tranquila”, declarou.

O superintendente afirmou que Manaus é uma das poucas cidades do País quem não conta com um corredor exclusivo para o transporte público. “Não dá mais para adiar a mudança. Temos que priorizar os ônibus, 58% das pessoas que trafegam no trânsito da cidade são usuárias do transporte urbano. A cultura em Manaus é deixar o transporte modal em segundo plano. Haverá resistências, mas a vida é assim”, declarou o superintendente da SMTU.

Adaptação

Pedro Carvalho afirmou que o período de teste da faixa exclusiva revelou que as pessoas que desobedeceram a proposta foram minoria. “A experiência mostrou que muita gente entende. A maioria respeita a faixa exclusiva mesmo sem multa. E essa ideia deveremos estender para a Torquato Tapajós”.

Ele disse ainda que não dá mais para adiar as mudanças no tráfego e que as adequações de janeiro serão transitórias. As linhas não articuladas continuarão a trafegar nas faixas do meio e da direita, junto com os carros particulares. “Em todo lugar é assim. Mas é uma transição. A tendência é que a maioria passe a transitar na faixa da esquerda. As pessoas terão que se acostumar porque o carro particular tem a possibilidade de fazer outros caminhos se achar que o trânsito está ruim. O ônibus não. Só tem aquele roteiro. Temos que priorizar o transporte que transporta a maioria das pessoas”, afirmou o superintendente.

Além dos ônibus do sistema BRS, ambulâncias, viaturas policiais, dos bombeiros e da fiscalização do trânsito, em serviço, poderão circular em qualquer dia e horário na pista exclusiva da faixa azul.

Diagnóstico da mobilidade quase pronto

O superintendente da SMTU considera as mudanças na Constantino Nery, Zona Centro-Sul, como transitórias. Isso porque, segundo ele, ainda em novembro a Prefeitura de Manaus deve apresentar um diagnóstico sobre a mobilidade urbana em Manaus e propostas para o transporte público.

“Esse estudo vai apontar o diagnóstico e indicará a melhor tecnologia a ser usada para dar maior capacidade operacional ao transporte em Manaus. O que pode ser o VLT, o BRT. O estudo vai mostrar isso nos próximos dias”.

Pedro Carvalho afirmou que a ideia é que esse estudo sirva de base para o Plano de Mobilidade da cidade, que pode ser encaminhado à Câmara Municipal de Manaus (CMM) no início do ano que vem. “O Plano é uma obrigação para Manaus, como a todas as cidades com mais de 200 mil habitantes. Mas muito importante. Porque é uma implementação a médio e longo prazo, independente do gestor. Porque em Manaus um gestor começa, outro entra não gosta e começa outra coisa”, afirmou.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.