Publicidade
Manaus
MASSACRE

Sobe para 41 o número de corpos de detentos liberados pelo IML; restam 19

Novo balanço foi divulgado na manhã desta sexta-feira (6), quando outros sete corpos foram liberados. Ao todo, 60 presidiários morreram em massacre no Compaj e UPP 06/01/2017 às 13:05 - Atualizado em 06/01/2017 às 13:53
Show iml
IML liberou outros sete corpos na manhã desta sexta (Foto: Arquivo/AC)
acrítica.com Manaus (AM)

Subiu para 41 o número de detentos que tiveram os corpos identificados e que foram liberados para as famílias após massacre ocorrido em dois presídios da capital. O balanço foi divulgado pelo Departamento de Polícia Técnico-Científica na manhã desta sexta-feira (6). Ao todo, 60 presos morreram na chacina. Restam liberar 19 corpos.

Segundo a Polícia Civil, sete corpos de detentos que eram do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) foram liberados hoje. Os dados foram atualizados às 11h48. Os corpos liberados são de: Rafael Brazão Gonçalves, Joniarlison Feitosa dos Santos, Paulo Marcelo Santos Nascimento, Jackson de Oliveira Avelino, Frank Ronier Ferreira Reis, Lucas Alves de Souza e Wendel Francisco de Souza Esquerdo.

Durante a chacina do último domingo (1), 56 presos foram mortos decapitados e esquartejados no Compaj. Desses, 37 já foram identificados e entregues aos familiares.

Todos os quatro detentos assassinados na Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), na segunda-feira (2), tiveram os corpos identificados e liberados aos familiares.

Publicidade
Publicidade