Quinta-feira, 19 de Setembro de 2019
Samu

Socorristas do Samu participam de curso de capacitação em Manaus

O treinamento iniciou ontem, com aulas teóricas e práticas, devendo se estender até a próxima sexta-feira



sssssssssssss.jpg Ao todo, devem participar 20 socorristas, entre médicos, enfermeiros, condutores e técnicos de enfermagem (Divulgação)
05/07/2016 às 11:33

Com o objetivo de aprimorar o atendimento às vítimas de afogamento, servidores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu - 192) começaram a ser capacitados pelo Corpo de Bombeiros. O treinamento iniciou ontem, com aulas teóricas e práticas, devendo se estender até a próxima sexta-feira. Ao todo, devem participar 20 socorristas, entre médicos, enfermeiros, condutores e técnicos de enfermagem.

De acordo com o secretário municipal de Saúde (Semsa), Homero de Miranda Leão Neto, o treinamento integra o conjunto de estratégias organizacionais para manter os servidores da secretaria atualizados em relação aos seus procedimentos de rotina. “O Samu, que trabalha com atendimento de urgência, deve agir com muita rapidez e precisão para garantir a vida dos pacientes que precisam de socorro imediato. Por isso, quanto mais bem treinados, mais segura estará a população”, destacou.

O treinamento está dividido em 40% de informações teóricas e 60% de atividades práticas. Os participantes vão conhecer desde o histórico de salvamento aquático até o atendimento visando o suporte básico de vida. Na parte do resgate, irão vivenciar a entrada na água, deslocamento, mergulho em três tempos, salvamento, abordagem, deslocamento da vítima como guarda-vidas

“Além de técnicas de ressuscitação, respiração boca a boca e cardiopulmonar, teremos um treinamento de como desvencilhar do afogado em situação de pânico”, informou o instrutor do Corpo de Bombeiros, Cabo Barreto.

Ainda segundo o instrutor, para socorrer uma vítima de acidente, a população deve ligar para o Corpo de Bombeiros ou Samu nos números 193 e 192, respectivamente. Se tiver um conhecimento básico de atendimento pré-hospitalar, pode realizar a respiração boca a boca.

Cuidados

No mês passado foram registrados 32 acidentes com vítima fatal por afogamento. Nas praias que não têm a vistoria do Corpo de Bombeiros, a média é de dois afogamentos por semana. Quando há prevenção o acidente não acontece. Quem não sabe nadar, deve apenas entrar na água em locais até a altura do umbigo.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.