Publicidade
Manaus
carga milionária

Souza Cruz tem oito milhões de unidades de cigarros furtados no Porto de Manaus

Carregamento foi levado sob a guarda do Posto Fiscal e prejuízo é de mais de R$ 1,2 milhão, informou a empresa 09/06/2016 às 17:26
Show porto
acritica.com / com informações da assessoria de imprensa

Na tarde desta quarta-feira (8), a Souza Cruz - produtora de cigarros brasileira, atual subsidiária da British American Tobacco no Brasil - tomou conhecimento de que a carga de sua propriedade, que se encontrava sob a guarda do Posto Fiscal foi furtada no Porto de Manaus. 

Em apuração inicial, foi constatado que a carreta de cigarros chegou ao posto no dia anterior, terça-feira (7) e, na mesma noite, foi retirada com documentação falsa apresentada aos responsáveis pela guarda. Vale lembrar que as mercadorias somente podem ser retiradas do posto com documentação enviada pelo Estado ao proprietário da carga. 

A empresa já solicitou boletim de ocorrência e está acompanhando de perto as investigações. A delegacia especializada expediu ofício nesta quinta (9) requerendo ao posto a documentação falsa apresentada pelos criminosos para análise, assim como as imagens do local. 

O volume de cigarros furtados era de oito milhões de unidades, avaliadas em mais de R$ 1,2 milhão, de acordo com a empresa. De acordo com a delegacia, esse é o segundo caso de furto realizado com a apresentação de documentação falsa registrado na última semana no Posto Fiscal.

Publicidade
Publicidade