Publicidade
Manaus
Manaus

SSP-AM garante mais viaturas do Ronda no Bairro no Vieiralves

Após reunião a portas fechadas com empresários e comerciantes do conjunto Vieiralves, secretário Sérgio Fontes disse que vai aumentar de quatro para seis o número de viaturas patrulhando a região 22/09/2015 às 09:59
Show 1
Empresários se reuniram com o secretário da SSP, Sérgio Fontes. Eles pediram mais segurança e celeridade na investigação do homicídio do empresário Paulo Baarz
augusto costa Manaus (AM)

Três dias depois do assassinato do empresário e cabeleireiro João Paulo Baarz, 35, vitima de latrocínio no bairro Vieiralves, Zona Centro Sul, o secretário de Segurança Pública (SSP), Sérgio Fontes, confirmou, ontem, depois de reunião com os representantes da Associação dos Empresários do Vierialves (AEV), na sede da SSP, que vai aumentar para sete o número de viaturas do Ronda no Bairro no local para combater os assaltos que estão deixando os moradores, clientes e empresários assustados. Hoje, a partir das 16h, a presidente da AEV, empresária Adlinez Moreno, vai se reunir com o comandante do Comando de Policiamento Metropolitano, coronel Francildes Ribeiro, para pedir melhorias no policiamento no centro comercial do conjunto.

De acordo com o secretário Sérgio Fontes, o último homicídio registrado pela SSP no Vieira Alves aconteceu em julho de 2014. “Eles pediram esclarecimentos dos fatos. A identificação dos autores e a responsabilização criminal deles e eu garanti, como venho garantindo a todos porque confio na equipe da Polícia Civil que esses meliantes serão identificados, localizados e presos. Também vamos aumentar o efetivo e as viaturas do Ronda no Bairro no local. Vamos aumentar para sete o número de viaturas porque atualmente temos apenas quatro”, afirmou Fontes.

Sobre as investigações do assassinato do empresário o secretário de Segurança foi enfático. “Já temos as imagens e sensibilizamos os nossos empresários para qualquer imagem mesmo distante que seja a passagem dos criminosos e a moto passando é importantes para as investigações”, disse o secretário.

Depois de uma hora de reunião a portas fechadas com o secretário de Segurança, a presidente da AEV, Adlinez Moreno, que estava acompanhada de 15 empresários do Vieiralves, disse que ficaram satisfeitos com as medidas de segurança adotadas pela polícia.

“O secretário Sérgio Fontes atendeu a comissão de empresários que participaram desta reunião que vieram buscar uma resposta sobre o assassinato do nosso amigo o empresário João Paulo. Ele deixou claro que as investigações já estão sendo feitas e em breve teremos uma resposta a família e a sociedade. Também tratamos sobre o aumento de efetivo de policiais no Viera Alves com o aumento de viaturas e motociletas do Ronda no Bairro porque atualmente só temos quatro carros e duas motos”, afirmou Moreno.

O empresário Hiroya Takano, que tem um restaurante de comida japonesa há sete anos no Vieiralves, disse que estava assustado. “Temos que ter cuidado. Manaus está ficando muito violenta. Todos estamos com medo”, afirmou Takano.

Assaltos aumentam

Apesar do pen último homicídio no Vieiralves ter ocorrido no ano passado, de janeiro a setembro de 2015 já aconteceram 27 casos de assalto no local com uma média de três casos por mês, de acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública (SPP).

Publicidade
Publicidade