Publicidade
Manaus
Manaus

SSP-AM lança cartilha para orientar os policiais civis e militares durante as abordagens

Procedimento Operacional Padrão (POP) irá sistematizar o trabalho da polícia no Amazonas com objetivo de melhorar o atendimento à população 19/11/2014 às 17:05
Show 1
Procedimento Operacional Padrão (POP) é um projeto pioneiro da Secretaria de Segurança Pública (SSP)
ACRITICA.COM* Manaus (AM)

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) está em fase final da implantação do Procedimento Operacional Padrão (POP) que estabelece rotinas de trabalho e sistematiza os procedimentos das Polícias Civil e Militar do Amazonas, durante o atendimento de ocorrências policiais. A medida é pioneira no País e visa dar mais segurança aos policiais e melhorar o atendimento à população.

No geral, o POP, elaborado como parte da implantação do programa Ronda no Bairro, orienta a atuação policial nas suas diversas modalidades, desde a abordagem inicial até a conclusão do procedimento, segundo explicou o secretário de Segurança Pública, coronel Paulo Roberto Vital. "Os policiais, desde que passam pela formação na academia, são orientados para atuar nas diversas situações. A padronização visa melhorar o atendimento que estamos prestando ao cidadão em todos os segmentos da sociedade", disse.

Ele ressalta que o documento orienta as principais linhas de atuação das polícias de forma integrada como: abordagem a pessoas e veículos, policiamento comunitário, uso de algemas, uso de arma de fogo, preservação do local de crime e bloqueio policial em via pública, entre outros. "O manual é pioneiro no País por padronizar procedimentos integrando as duas polícias em suas ações", disse.

O POP, de acordo com Vital, será como um guia de atuação para os policiais. "Cada policial irá receber um exemplar do POP e também receber orientação e qualificação nos casos especiais", disse. Ele destaca, ainda, que os principais objetivos do documento são: gerenciamento da rotina de trabalho, controle de qualidade, melhoria contínua, gestão do conhecimento  e aprimoramento profissional. "O POP visa aumentar a segurança dos nossos policiais e melhorar o atendimento à população", destacou o secretário.

Segundo Vital, o POP trata de questões como violência, crime e controle social, funções técnicas e procedimentos em segurança pública, experiência policial – cotidiano e prática, cultura e conhecimentos jurídicos. “Depois de concluir a elaboração do documento, agora iremos entrar na fase final que é a parte de divulgação, distribuição e capacitação dos nossos servidores para aplicação desses procedimentos”, disse.

De acordo com o secretário-executivo-adjunto do Programa Ronda no Bairro, Raimundo Roosevelt, cada policial receberá o POP em forma de livro. Ele destaca que também será feito um treinamento para toda a tropa. “Antes de colocarmos os POP em circulação iremos realizar diversos treinamentos com os policiais para que os procedimentos sejam de fato implementados”, afirmou.

Ele ressalta que a previsão é iniciar a partir de janeiro o treinamento de todos os servidores da Polícia Militar e da Polícia Civil. “Os procedimentos irão orientar para condutas mais seguras que os policiais devem seguir, diariamente”, disse. Atualmente, as polícias Civil e Militar possuem um efetivo estimado em 12 mil servidores em todo Estado

*Com informações da Assessoria de Imprensa





Publicidade
Publicidade