Publicidade
Manaus
Manaus

SSP-AM testa centros móveis que serão enviados para os municípios do interior do Estado

Os veículos são adaptados com tecnologia embarcada e serão encaminhados aos municípios de Tabatinga, São Gabriel da Cachoeira e Boca do Acre 07/06/2015 às 19:06
Show 1
De acordo com o secretário da SSP, Sérgio Fontes, os CICCs fazem parte dos investimentos do Estado no Sistema Integrado de Comando e Controle.
Acrítica.com Manaus (AM)

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) testou neste feriado e fim de semana, os Centros Integrados de Comando e Controle Móvel (CICCs) que serão enviados para os municípios do interior do Estado localizados em região de fronteira com outros países ou divisas.

Os veículos são adaptados com tecnologia embarcada e serão encaminhados aos municípios de Tabatinga, São Gabriel da Cachoeira e Boca do Acre, por meio da Estratégia de Fronteira do Governo do Estado do Amazonas (Esfron). Durante as operações integradas de Corpus Christi e Marcha pra Jesus, os CICCs foram utilizados para monitoramento das ações e ainda do público presente.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, Sérgio Fontes, os CICCs fazem parte dos investimentos do Estado no Sistema Integrado de Comando e Controle. “Futuramente, podemos estar ligados com esses municípios por meio dos Centros Integrados, que darão suporte para as polícias no combate a criminalidade nessas localidades”, disse o secretário.

Ele destacou que a SSP realizou um treinamento prático e teórico para Policiais Civis e Militares que vão operar os CICCs nos municípios.

“Essa fase de testes é importante no processo que antecede o envio desses sistemas de controle móvel para os municípios, como forma de garantir a eficácia deles quando forem utilizados”, disse.

Tecnologia

Cada veículo é equipado com quatro câmeras fixas instaladas nas laterais externas da unidade e duas câmeras instaladas nas extremidades internas da unidade móvel. Os ônibus possuem espaço para operadores, motorista e passageiros, sendo equipados com sistema inteligente e gerencial com tela touch screen, num ambiente de videomonitoramento.

A capacidade de armazenamento de imagens desses veículos é de 60 dias. Os CICCs possuem também um mastro telescópio, com içamento de oito metros acima do teto da unidade móvel.

O secretário executivo adjunto de Planejamento e Gestão Integrada da SSP-AM, Dan Câmara, explica que o processo de planejamento integrado desenvolvido para os Grandes Eventos Religiosos, que mobilizaram milhares de fiéis e simpatizantes neste feriado, contou com a participação de 25 a 30 órgãos das esferas de governo estadual e municipal.

Segundo ele, o Sistema Integrado de Comando e Controle da SSP foi ativado para garantir a coordenação integrada e a segurança e proteção dos participantes, garantindo a fluidez do trânsito e o menor impacto na mobilidade urbana da cidade.

Dan Câmara ressaltou que esta foi a primeira edição do evento Corpus Christi que recebeu ação integrada, sendo coordenada pelo Centro Integrado de Comando e Controle do Amazonas (CICC).

“Este ano a Arquidiocese de Manaus nos convidou para executarmos um planejamento de segurança para o evento, que foi um sucesso no sentido de não ter ocorrências durante toda a programação”.

Para a Marcha para Jesus, ele explicou que foi a segunda vez que o CICC coordenou as ações integradas no evento organizado pela Ordem dos Ministros Evangélicos do Amazonas (OMEAM).

Para ambos os eventos, Dan Câmara disse que o projeto foi diferenciado, adotando medidas que evitassem acidentes. “Foi feito uma análise das ruas e vias que os fiéis passavam, decidindo por evitar ladeiras e também organizar para que os participantes não ficassem atrás dos carros de som os quais foram todos checados”, explica Dan Câmara.

*Com informações da assessoria de comunicação

Publicidade
Publicidade