Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
SAÚDE

Susam inicia integração dos convocados da 7ª chamada do concurso de 2014

Programação de recepção teve início na quarta-feira (13) e prossegue até sexta (15), com palestra sobre o funcionamento do sistema público de saúde



concursados.jpg Foto: Divulgação
14/06/2018 às 15:30

A Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam) iniciou, nesta semana, o processo de integração dos 538 servidores convocados da 7ª chamada do concurso público de 2014. A programação de recepção teve início na quarta-feira (13) e prossegue até sexta (15), com palestra sobre o funcionamento do sistema público de saúde.

Na quarta-feira (13), 100 candidatos que já passaram pela fase de entrega de documentação receberam informações sobre o sistema de previdência estadual e a relação entre os profissionais e a população no ambiente de trabalho.

Um dos temas abordados na palestra foi a Política Nacional de Humanização do SUS. “Procuramos mostrar para os novos servidores a importância de prestar um bom serviço aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Ressaltamos sempre que o usuário do SUS é portador de direitos e que nossa prática profissional existe em função deste cidadão”, explica a coordenadora do Núcleo Estadual de Humanização da Susam, Ana Karla Pimenta.

Convocação

A Susam convocou 538 aprovados nesta 7ª chamada do concurso. O certame foi realizado em 2014, teve 9.345 classificados, e tem validade até 2019. A atual gestão da Susam, que assumiu em outubro do ano passado, já convocou 966 pessoas, sendo 428 em fevereiro de 2018 e mais 538 em maio.

Desde a primeira chamada, já foram convocados 7.839 pessoas, entre classificados e aprovados. A Susam esclarece que, além dos classificados no número de vagas, tem ainda os aprovados, que podem ser chamados, de acordo com a necessidade do órgão. 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.