Domingo, 25 de Agosto de 2019
Manaus

Suspeita de bomba mobiliza polícia e cancela aula em escola da Zona Norte de Manaus

É a terceira vez em uma semana que ameaça de bomba interdita unidade de ensino em Manaus. Confirmação de artefato explosivo será dada pela Polícia Civil



1.jpg Escola foi isolada pelo grupo Marte
08/10/2014 às 15:54

Uma suspeita de bomba dentro da Escola Estadual Ana Lúcia Costa e Silva, Zona Norte de Manaus, mobilizou policiais especializados em manejo de artefatos explosivos, na manhã desta quarta (8), e fez as aulas serem canceladas. A ameaça de explosão aconteceu após funcionários encontrarem o objeto suspeito dentro do banheiro.

Agentes do Grupamento de Manejo de Artefatos Explosivos (Marte), da Polícia Militar do Amazonas, foram acionados e tiveram que isolar a área da escola, localizada na rua Parintins, comunidade América do Sul, bairro Colônia Terra Nova. Todo colégio foi evacuado e alunos e funcionários tiveram que deixar o local.

Um equipamento robótico antibomba foi usado para reconhecimento com objetivo de verificar a ameaça de explosão dentro da escola. O grupo Marte teve que “neutralizar” o possível risco de explosão e esperar chegada de peritos da Polícia Civil. A confirmação de bomba será feita após laudo do Instituto de Criminalística.

Essa é a terceira ameaça de bomba em escola de Manaus em menos de uma semana. As outras duas suspeitas aconteceram no bairro Alvorada 2, na Zona Centro-Oeste, no domingo de eleição (5), na Escola Municipal Desembargador Cândido Honório Ferreira, rua Abílio Alencar, e na segunda (6), na Escola Estadual Waldir Garcia, na avenida J.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.