Publicidade
Manaus
SARAMPO

Suspeitas de sarampo em adultos aumenta para 300 casos em uma semana

Faixa etária superou casos suspeitos em crianças e já representa a maior parte das notificações. Segundo a Semsa, número de pessoas com sarampo chegou a 47 na capital 20/06/2018 às 11:00
Show sarampo
Foto: Reprodução
acritica.com Manaus (AM)

Em uma semana, aumentou para 300 os casos suspeitos de sarampo em jovens adultos de 20 a 29 anos em Manaus. A faixa etária atingiu 20,8% dos casos e já representa a maior parte das notificações na capital. Os dados foram divulgados pelo Informativo Epidemiológico de Monitoramento dos Casos de Sarampo da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

“O aumento de casos entre jovens adultos mostra a necessidade de que esse público procure uma Unidade de Saúde para se imunizar contra a doença”, afirma o secretário municipal de saúde, Marcelo Magaldi. Ele alerta que a vacina contra o sarampo está disponível na rotina diária de serviços de saúde da rede municipal para pessoas na faixa etária de seis meses a 49 anos de idade.

A diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica (Devae/Semsa), enfermeira Marinélia Martins Ferreira, explica que até o 14º Informativo Epidemiológico, divulgado no dia 12 de junho, a faixa etária com maior número de notificações era a de crianças de um a cinco anos de idade, mas que a cada semana já era possível perceber uma mudança na faixa etária de ocorrência da doença em Manaus.

“Desde o início do surto de sarampo no município, no mês de fevereiro, as crianças estavam sendo as mais atingidas e, considerando o maior risco para o desenvolvimento de complicações pela doença nessa faixa etária, executamos uma série de ações para fortalecer a imunização desse público. Com isso, deve ocorrer um menor registro de número de casos da doença em crianças de até cinco anos”, explica Marinélia.

Casos confirmados

De acordo com a Semsa, aumentou para 263 o número de casos confirmados da doença. Na semana passada, o informativo indicava a existência de 147 pessoas doentes. A faixa etária de crianças de um a cinco anos ainda registra o maior número de casos com 24,3%, seguido da faixa etária de seis a 11 meses de idade (21,7%) e do grupo de 20 a 29 anos (17,9%).

“Mesmo com o maior número de casos confirmado ainda registrado entre crianças de um a cinco anos, o novo informativo mostrou um aumento na faixa etária de 20 a 29 anos, passando de 21 para 47 casos confirmados no período de uma semana”, informa a enfermeira.

Também de acordo com o novo informativo, a Zona Norte ainda registra o maior número de notificações (36,6%), seguida da zona Leste (30,3%), Sul (19,0%), Oeste (12,8%) e Rural (1,3%).

Campanha

A Campanha Municipal contra o Sarampo, iniciada no dia 14 de abril, atingiu 81,17% do público alvo, estimado em 191.585 crianças de seis meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias.

Publicidade
Publicidade