Quinta-feira, 23 de Janeiro de 2020
Manaus

Suspeito de comandar tráfico no Ouro Verde, em Manaus, teria faturado R$ 5 milhões, diz polícia

Três foram presos com dez quilos de cocaína avaliada em R$ 100 mil. Um deles seria responsável pela parte financeira da facção criminosa FDN



1.gif Francisco “Kinho”, Arison e Natália Brenda
26/03/2015 às 12:05

Uma equipe do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc) prendeu Arison de Almeida Terço, suspeito de ser um dos comandantes do tráfico de drogas do bairro Ouro Verde, em Manaus, e que teria faturado aproximadamente R$ 5 milhões neste ano.

Com ele, os investigadores também prenderam Natália Brenda de Castro Magalhães, 20, e o mototaxista Francisco Nascimento dos Santos Filho, vulgo “Kinho”, 50. O trio foi preso em casa, na rua Felismino Soares, Ouro Verde, com dez quilos entre cocaína e droga, avaliada em R$ 100 mil.



Arison, ao ser preso, confessou que era o dono da droga. O adjunto do Denarc, delegado Leonardo Marinho, informou que Arison é integrante da facção criminosa Família do Norte (FDN). Ele era o responsável pela parte financeira.

Sete cadernos com anotações de venda foram apreendidos. Neles tinham contabilidade de R$ 30, 50 e 70 mil, entre outros valores. O trio será autuado por tráfico de drogas e associação para o tráfico e, em seguida, encaminhado a cadeia pública da cidade.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.