Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019
Manaus

Suspeito de estuprar idosa é liberado pela polícia por falta de provas

A suposta vítima negou o crime e disse que o neto inventou a história porque não gosta do tio. A idosa não quis realizar o procedimento de exame de conjunção carnal e corpo de delito



1.jpg Aldemir sofreu uma série de golpes e pancadas de populares antes de ser preso pela polícia
11/06/2013 às 14:22

O suspeito de ter estuprado uma idosa de 94 anos foi liberado pela polícia na madrugada desta terça-feira (11), por falta de provas. Em depoimento, a idosa e mãe do suposto autor, afirmou que Ademir Soares da Silva, 43, conhecido como ‘Papagaio’, não praticou o ato sexual e disse ainda que o neto dela mentiu para os policiais por não ter um bom relacionamento com o tio.

As informações foram repassadas pelo delegado plantonista do 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Carlos Augusto Monteiro, para onde o suspeito foi levado após ser preso por policiais militares da 2ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) no bairro Colônia Oliveira Machado, na Zona Sul de Manaus na noite de segunda-feira (10).



A suposta vítima negou o crime e disse que o neto inventou a história porque não gosta do tio. A idosa não quis realizar o procedimento de exame de conjunção carnal e corpo de delito.

Por falta de provas para a realização do flagrante, o delegado liberou o suspeito. Segundo Carlos Monteiro, o inquérito policial com a denúncia será encaminhado para o Ministério Público Estadual (MPE) que deverá analisar o processo e decidir se vai oferecer a denúncia para o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.