Quarta-feira, 17 de Julho de 2019
INVESTIGAÇÃO

Suspeito de matar cabeleireira a tiros na Zona Sul é preso temporariamente

A polícia informou que Leandro Lima de Oliveira, 25, que responde em liberdade pelo crime de tráfico de drogas, nega o envolvimento no crime



presos_123.JPG Leandro Lima de Oliveira, 25. Foto: Divulgação
26/09/2017 às 18:46

No fim da tarde de segunda-feira (25), o presidiário Leandro Lima de Oliveira, 25, foi preso temporariamente pelo 2° Distrito Integrado de Polícia (DIP) por ser o principal suspeito do assassinato da cabeleireira Suely da Silva Muniz, 53, morta no dia 20 de agosto deste ano no bairro Colônia Oliveira Machado, na Zona Sul de Manaus.

De acordo com o delegado titular Aldeney Góes, Leandro é investigado por ser o mandante do crime, uma vez que já havia ameaçado de morte a cabeleireira, morta com ao menos cinco tiros na rua 13 de maio. O presidiário, que responde em liberdade pelo crime de tráfico de drogas, nega o envolvimento.

Segundo o delegado, a vítima morreu por ter denunciado Leandro por tráfico de drogas, que acabou preso dias antes de sua morte. As investigações seguem em andamento para comprovar que Leandro foi o mandante do crime.

LEIA MAIS 

Presidiários negam qualquer envolvimento com morte de cabeleireiro no Vieiralves

Homem é executado por 13 pessoas em bar da Colônia Oliveira Machado​

Dois homens são mortos e uma mulher baleada na cabeça no Banho do Pará

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.